JP é a 2ª capital que mais investe em educação aponta revista especializada

Por - em 47

De acordo com um levantamento feito pela Revista Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, João Pessoa foi a segunda capital do Brasil que registrou o maior crescimento em gastos na área de educação em 2010. Houve um crescimento de 24,6% em comparação com 2009, totalizando um montante de R$ 249,2 milhões. A revista é especializada em finanças municipais e está em sua 7ª edição neste mês de outubro.

“O maior investimento feito pela Prefeitura Municipal de João Pessoa é na formação de nossos estudantes e profissionais da educação. Além dos diversos programas e projetos voltados para a formação da cidadania, não perdemos o foco no pedagógico”, ressaltou o prefeito da Capital, Luciano Agra.

Ele lembrou que a Prefeitura de João Pessoa estabeleceu metas com o Programa Escola Nota 10 para serem cumpridas por todas as escolas, cujo resultado tem sido mensurado, principalmente a partir do aprendizado dos estudantes, constatado na aplicação de provas no final do ano. “O bom desempenho dos estudantes e trabalhadores das escolas garantem uma bonificação referente a mais um salário-base, uma espécie de 14ª salário”, observou o prefeito.

Para que isso seja possível, também são feitos investimentos na parte estrutural das 94 escolas e 39 Centros de Referência Infantil (Crei) e na parte pedagógica.

Neste ano de 2011, foram implantadas na rede municipal de ensino três escolas que funcionam em tempo integral. Até o final de 2012, o programa João Pessoa faz Escola, uma iniciativa da PMJP, pretende investir cerca de R$ 19,7 milhões em melhorias na infraestrutura educacional do município. Estão sendo construídos cinco Creis e os investimentos correspondem a R$ 2,5 milhões de recursos próprios.

É feito também um forte investimento no processo de formação continuada, onde todos os professores, educadores e técnicos da rede são capacitados continuamente com relação às novas metodologias de ensino em sala de aula. Cerca de 2.000 professores já foram capacitados e receberam notebooks. Ação é reconhecida pela Unesco, por conseguir capacitar tantos professores em tão pouco tempo. Para este ano, o investimento foi de R$ 579.000,00 de recursos próprios da própria PMJP.

“Todo esse trabalho demonstra a preocupação e respeito que a PMJP tem com a educação das nossas crianças”, afirmou Luciano Agra. Até o ano de 2011 foram 1.292 computadores distribuídos nos laboratórios das escolas. Esse investimento pode ser percebido na V Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), onde a equipe de robótica educacional da Duarte da Silveira representou a Paraíba e foi a única escola municipal do país.

Reconhecimento – A rede municipal de ensino de João Pessoa também foi campeã na 6ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, como também foi a única representante das escolas municipais do país a participar das Olimpíadas de Robótica, no último mês.

Na área cultural, os alunos são premiados com notebooks, celulares, câmeras fotográficas e MP4. Eles também participam do Ano Cultural, compondo músicas, fazendo poesias e apresentações teatrais a partir da obra do paraibano homenageado a cada ano. Em 2011, o homenageado do Ano Cultural é o poeta paraibano Políbio Alves.

Reajuste – De 2006 a 2010 a prefeitura já formou mais de 15.900 jovens através do Projovem Urbano, que funciona em 20 escolas do município e atende a cerca de 4 mil alunos.

No mês de abril, o prefeito Luciano Agra concedeu um reajuste de 15% para os professores efetivos e ainda um abono de R$ 90,00 para aqueles que estão em atividade docente. Para os recém-concursados, o aumento foi de 12% mais o abono de R$ 120,00.