JP encerra Censo Escolar e é uma das primeiras do País a enviar relatório

Por - em 53

João Pessoa é uma das primeiras cidades brasileiras a enviar o relatório do Censo Escolar ao Ministério da Educação (MEC), em Brasília (DF). É que a Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) encerrou o levantamento nesta sexta-feira (5), em 117 unidades de ensino públicas municipais, e coletou informações sobre 63.822 alunos e 2.362 professores.

Conforme a chefe da Divisão de Apoio Escolar da Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Dtic) da Sedec, Aurília Coutinho, a grande vantagem da ação em 2007 foi o sistema implantado pelo MEC, que buscou informações qualitativas dentro das salas de aula, como informações detalhadas sobre a escola, cada um de seus alunos e professores, além das turmas em que eles estão.

Aurília Coutinho explicou que, oficialmente, o censo foi iniciado no dia 30 de maio, deixando claro que nos anos anteriores o mecanismo era realizado através de amostragens quantitativas por escolas, através de cartilhas que eram preenchidas pelos gestores. “Com a possibilidade de trabalharmos com qualitativo, podemos ter o perfil de cada aluno, seus nomes, suas dificuldades e, assim, planejar políticas públicas específicas para as escolas”.

A chefe da Divisão de Apoio Escolar informou que o censo foi realizado por 14 profissionais da Detic. Numa ação de campo, a equipe visitou as escolas para falar sobre o Censo Escolar, esclarecer dúvidas e preencher os questionários digitais fornecidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). “É muito importante João Pessoa ter terminado o censo em tempo hábil, pois através dele serão fomentadas as políticas públicas para a educação, que vão desde a merenda até os livros didáticos e a liberação de recursos”, enfatizou.

“Caso alguma unidade de ensino tenha enviado informação incorreta ou deixado de preencher o questionário, ela deverá processar a informação após o censo ser publicado no Diário Oficial da União. Após a publicação, a escola terá 30 dias para enviar os dados”, concluiu.