Lacen e CTA passam a funcionar no Cais Jaguaribe, a partir de fevereiro

Por - em 328

O Laboratório Central Municipal (Lacen) e o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Doenças Sexualmente Transmissíveis passarão a funcionar, a partir do dia 11 de fevereiro, nas instalações do Cais Jaguaribe (antigo Came Jaguaribe), localizado na rua Alberto de Brito, s/n, naquele bairro. A mudança dos equipamentos e serviços começará a ser feita nos dias 7 e 8 de fevereiro, ficando suspensa a realização de exames por quatro dias.

No local onde hoje está instalado o Lacen, na avenida Rui Barbosa, continuará funcionando o serviço de vacinação do município. De acordo com a diretora do Lacen, Lúcia Cristina de Aguiar, a mudança tem o objetivo de otimizar o atendimento à população num ambiente mais amplo e confortável.

Ela informou que a mudança também possibilitará a realização de um maior número de exames com a implantação de oito novos postos de coleta no município. “Desta forma, a coleta do material poderá ser realizada no próprio bairro – o que facilita o acesso aos usuários – e encaminhado pela equipe de saúde para o Lacen”, explicou.

Mais postos
– Os Postos de Coleta serão implantados até o mês de abril na Unidade Nova Esperança, em Mangabeira; Viver Bem, Alto do Céu e Centro de Saúde, em Mandacaru; Nova Conquista, no Alto do Mateus; Vila Saúde, no Cristo Redentor, e na Unidade de Saúde da Família (USF) da Ilha do Bispo.

Também será instalado um Posto de Coleta no Centro de Atenção Integral ao Idoso referenciado ao Hospital Santa Isabel. Atualmente, existem quatro desses postos instalados na Unidade de Saúde do Cidade Verde VI (Mangabeira), no Centro Homero Leal (Cristo Redentor), Centro de Saúde do Róger e Unidade das Praias, em Tambaú.

O Lacen Municipal realiza em média 13.800 exames por mês. A marcação das consultas continuará sendo realizada nas Unidades de Saúde da Família (USFs), onde o usuário já sai com o dia e a hora do atendimento. Lúcia Aguiar disse que dessa forma o usuário tem um atendimento sem filas e mais humanizado.

A nova estrutura do Lacen contará com salas de coleta de usuários em geral, idosos e crianças. “As crianças, gestantes e idosos continuarão sendo priorizados. O laboratório manterá o café da manhã para idosos após a coleta de sangue e uma sala com atividades lúdicas destinada a crianças, enquanto esperam a realização dos exames”, explicou a diretora.