Lançada pedra fundamental da Central de Medicamentos de JP

Por - em 43

Mais uma obra estruturante e de grande complexidade começa a ser construída pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) no Distrito Industrial da Capital. O prefeito Luciano Agra lançou nesta sexta-feira (15) a pedra fundamental da Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF), que servirá de apoio para a rede municipal de saúde. Uma obra realizada com investimentos próprios e do Plano Plurianual (PPA) 2011, licitada no valor de R$ 5,7 milhões.

“Este é mais um projeto complexo e singular da Prefeitura Municipal de João Pessoa e que exigiu todo um trabalho de pesquisa e estudo antes de começar a ser erguido. É uma obra que trará inúmeros benefícios em termos de racionalidade e fluxo de distribuição de medicamentos por toda a rede de saúde do município, composta de aproximadamente 200 unidades em toda a cidade”, ressaltou Luciano Agra.

O projeto, enfatizou o prefeito, elaborado pela Secretaria de Planejamento do Município (Seplan), atende a todas as exigências diferenciadas quanto ao acondicionamento e refrigeração de medicamentos e foi pensado para facilitar a logística na distribuição dos insumos ao sistema de saúde.

“A Central de Medicamentos se apresenta como mais uma obra estruturante da Secretaria Municipal de Saúde na Capital. É composta de vários sistemas de refrigeração para os medicamentos e, além disso, está localizada em uma área bem estratégica e próxima às rodovias”, reforçou o prefeito.

De acordo com detalhes do projeto, a CAF terá uma área total de 3.619,23m². Será composta de um sistema de climatização dividido por zonas térmicas, com fatores como temperatura, umidade, pureza e renovação do ar adequadas a cada um dos ambientes. A central também irá dispor de uma rede de câmeras frias para o acondicionamento de vacinas; um galpão de distribuição, salas para a área administrativa, restaurante, banheiros e estacionamento.

“Com este novo espaço, vamos poder trabalhar de uma melhor maneira junto aos nossos serviços de saúde e também proporcionar maior conforto aos nossos servidores”, enfatizou a secretária de Saúde, Roseana Meira.

Com a criação da Central de Medicamentos, o trabalho da Gerência de Medicamentos da PMJP será otimizado. Cabe ao setor toda a organização das demandas de medicamentos dos postos de saúde, hospitais e demais serviços da rede.

Segundo o secretário de Infraestrutura da PMJP, João Azevedo, a expectativa é que a construção da CAF seja concluída no final de 2011. “Será uma grande obra e que necessitará de um maior tempo para ser concluída”, reforçou o secretário.

O lançamento da pedra fundamental da Central de Medicamentos contou com a participação de técnicos da PMJP, moradores e representantes do Orçamento Democrático.