Lapinha leva clima natalino aos funcionários da Emlur

Por - em 28

Os servidores da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) foram recebidos de uma forma diferente na manhã desta segunda-feira (10). Uma apresentação da ‘Lapinha de São Sebastião’ levou alegria, dança, música e muita cor para a sede da Autarquia. O evento faz parte da série de atividades que estão sendo realizadas pela Emlur para comemorar o Natal.

Pastoras, mestra, contra-mestra e cigana chamaram a atenção de todos os servidores. A apresentação foi realizada no hall da sede da Emlur. Além de acompanhar as cantorias e as danças, o que animou a apresentação foi a tradicional disputa entre o cordão encarnado e o azul. Cada um que torcesse por seu grupo predileto e fizesse a sua colaboração. Ao final, depois de muita disputa, o cordão encarnado saiu vitorioso, como 95 pontos, enquanto o azul recebeu 75 pontos.

Durante a apresentação, os integrantes do folguedo natalino entoaram músicas bem conhecidas da população, além de canções que foram adaptadas para a exibição do grupo. A ‘Lapinha São Sebastião’, comandada pelo Mestre Adézio da Silva, foi fundada em 5 de julho de 1991 por um grupo de mães do bairro de Cruz das Armas. Atualmente ela conta com 22 participantes. A lapinha é uma denominação popular do pastoril, que tem origem na colonização portuguesa.

Além da lapinha, a Emlur levou para os seus servidores a apresentação do quarteto de cordas e voz ‘Quarta Justa’, essa ocorrida no último dia 3. Também está na programação natalina da Autarquia, a visita do Papai Noel e a encenação do Auto de Natal. “Nosso objetivo é trazer o clima natalino para dentro da Emlur e, por isso, realizamos uma série de atividades na sede e em todas as administrações”, comentou a superintendente do órgão, Laura Farias Gualberto.