Limpeza completa na Lagoa do Parque Solon de Lucena

Por - em 114

A Lagoa do Parque Solon de Lucena, localizada no Centro de João Pessoa, está passando por uma completa ação de limpeza. A equipe aquática da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) faz a retirada de lixo, areia e da vegetação acumulados no manancial, que é considerado um dos principais cartões postais da Capital paraibana.

O trabalho foi iniciado nesta segunda-feira (26) e deverá ser concluído na próxima quarta-feira (28). A iniciativa tem o objetivo de evitar o transbordamento da Lagoa com a regularidade das chuvas que têm caído sobre a cidade.

A ação está sendo desenvolvida por 18 agentes de limpeza da Emlur, especializados em trabalhos em rios, canais e lagoas. Para fazer a retirada da areia, eles usam material de segurança e contam com o auxílio de um barco. As galerias também vêm sendo limpas para possibilitar que a água escoe normalmente. Todo o material removido é levado até a margem da Lagoa e, posteriormente, recolhido por uma caçamba.

O diretor de Operações da Emlur, Orlando Soares, lembrou que esse trabalho de limpeza é realizado de quatro em quatro meses. “É lamentável, mas a população ainda joga muito lixo naquela área do Parque Solon de Lucena. Fazemos um trabalho intenso de limpeza no local e sempre realizamos intervenções de educação ambiental, mostrando os problemas que são gerados ao se depositar o lixo em lugar inadequado”, informou.

Orlando Soares alertou ainda para a necessidade das pessoas não jogarem lixo dentro da Lagoa, pois os resíduos acabam entupindo as galerias e fazendo com que o corpo de água transborde com a intensificação das chuvas. “O Parque Solon de Lucena conta com um grande número de papeleiras (coletores instalados em postes) e, por isso, não há necessidade das pessoas jogarem o lixo no chão”, destacou.