Luciano Agra participa da abertura do ‘Fórum Paraíba Unida Pela Paz’

Por - em 33

O prefeito Luciano Agra participou na noite desta última quarta-feira (6) da abertura do ‘Fórum Paraíba Unida Pela Paz’, que reúne até essa sexta (8), na Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego, o poder público e a sociedade civil em discussões sobre políticas para a área de segurança. Durante a solenidade, o governador Ricardo Coutinho lançou a campanha do Desarmamento e a ativação do Comitê Paraibano pelo Desarmamento e ainda assinou o Projeto de Lei que dispõe sobre a organização e o funcionamento do Conselho Estadual de Defesa Social.

“Essas são ocasiões que possibilitam uma discussão mais ampla com diversos segmentos da sociedade sobre uma questão que atinge boa parte das cidades brasileiras. Enquanto governo municipal, já estamos adotando iniciativas que, de uma forma indireta, possam contribuir para reduzir os índices de violência na Capital, como o reforço nos projetos de iluminação das vias públicas e até mesmo o uso das câmaras de monitoramento de trânsito, que nos grandes eventos públicos são também utilizadas pelos policiais do Estado”, ressaltou o prefeito.

Para o governador Ricardo Coutinho a junção de poderes entre as entidades públicas e a população pode alcançar meios de combater a violência. “Estamos abrindo espaço à sociedade para a discussão junto ao poder público para a construção de uma cultura de paz. O combate ao medo e o resgate do sentimento de uma tranquilidade possível é o grande desafio que temos, um desafio da sociedade com um todo”, ressaltou.

O lançamento do Fórum Paraíba Unida também contou com a presença do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que apresentou a primeira conferência do evento com o tema “Pacto pela Vida: o processo de construção de uma nova política de segurança pública no Estado de Pernambuco”.

Eduardo Campos disse que desde o início do seu primeiro governo, em 2007, decidiu assumir o compromisso de buscar minimizar o problema da violência no Estado. No mesmo ano, lançou o ‘Pacto pela Vida’ com ações definidas com a participação da sociedade civil levando em conta linhas de atuação a exemplo da ‘prevenção social ao crime’ e a ‘repressão qualificada’. “Estamos aqui para dar nossa contribuição para a construção de um sistema e de uma política de segurança pública, em que a sociedade e o governo busquem um diálogo para contribuir com esse esforço de reduzir a violência”, destacou.

Programação – A programação desta quinta (7) do Fórum Paraíba Unida conta com discussões como “Gestão compartilhada da Segurança Pública: desafios e perspectivas”, e o “O papel dos municípios na Segurança Cidadã”.  Para esta sexta (8), serão discutidas políticas públicas e participação popular; prevenção social e controle da violência; e ainda, o papel da sociedade civil organizada.

A abertura do evento teve as presenças de diversas autoridades dos poderes legislativo e judiciário, militares e representantes de entidades civis.