Luciano Agra reforça ações da PMJP para período de chuva

Por - em 22

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, determinou o reforço das ações nas comunidades e ruas da Capital de prevenção a acidentes que possam ocorrer decorrente das chuvas. Em uma reunião realizada na manhã desta segunda-feira (14), no gabinete do Centro Administrativo do Município (CAM), em Água Fria, foram definidas novas intervenções para evitar problemas de alagamentos e inundações em vários pontos da cidade.

Neste último domingo (13), o prefeito, juntamente com uma equipe de secretários municipais, percorreu vários bairros para conferir de perto a situação de famílias que residem em áreas de risco.

“Precisamos garantir que nenhum problema mais sério ocorra a essas famílias que ainda residem nas áreas de risco. Além disso, é importante garantir também que, mesmo com uma maior intensidade das chuvas, as pessoas possam transitar pela cidade sem maiores problemas”, ressaltou o prefeito.

Durante a reunião ficou definido que os trabalhos de desobstrução e limpeza das galerias pluviais, por exemplo, que já vêm sendo realizados pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) serão reforçados em várias ruas e avenidas de João Pessoa, a exemplo de trechos da Avenida Beira Rio e Tito Silva, sobre o Rio Jaguaribe.

Luciano Agra determinou também que seja iniciado o processo de licitação que irá ampliar o sistema de drenagem na área do Centro Histórico da Capital, provocando uma intervenção positiva para a vazão das águas da Lagoa, do Parque Sólon de Lucena.

O trabalho de limpeza das áreas ribeirinhas também deverá ser ampliado a partir desta semana para outras regiões da cidade. O superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho, informou que nesses próximos dias será feita a limpeza do Rio da Bomba, no bairro do Padre Zé, e ainda do Rio do Cabelo, em Mangabeira.

Ainda a partir desta semana, técnicos da Seinfra irão avaliar novas ruas e avenidas que precisem de calçamento ou recapeamento asfáltico, além das já definidas entre os projetos da PMJP. “A proposta é identificar as vias onde a circulação de veículos é maior e que ainda precisem de melhorias no calçamento ou asfalto e, assim, também evitar grandes alagamentos”, avaliou o prefeito.

Dengue – Entre as medidas anunciadas durante a reunião, para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, causador da dengue, com a incidência das chuvas, Luciano Agra determinou que equipes da Secretaria de Meio Ambiente do Município (Seman) visitem as oficinas de veículos e sucatas em bairros da cidade e orientem os proprietários desses estabelecimentos a adotarem prevenção contra acúmulo de água em pneus e carcaças.

Riachinho – Na comunidade do Riachinho, no Jardim 13 de Maio, 66 famílias que residem em moradias de maior risco de inundação ou desabamento já começaram a receber o auxílio-moradia concedido pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) do Município. Com o benefício, as famílias terão que desocupar as casas que serão demolidas a partir da avaliação da Defesa Civil.

Neste último domingo, mais duas famílias foram abrigadas na Escola Estadual Maria Quitéria, além das seis que já estão no local. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Rodrigo Marques, além da transferência dessas famílias, nenhuma ocorrência mais grave foi registrada devido às chuvas que atingiram a cidade neste final de semana.