Luciano Agra visitas obras de habitação nos bairros São José e 13 de Maio

Por - em 51

O prefeito Luciano Agra visitou na manhã desta terça-feira (22), obras que estão sendo realizadas nos bairros São José e Jardim 13 de Maio. As intervenções, todas nas áreas de habitação, desenvolvidas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, estão sendo executadas a partir do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e também pelo Programa de Subsídio Habitacional (PSH).  No total, só para as duas comunidades, estão previstas construções de 556 unidades habitacionais. Nesta tarde, Agra viaja para Brasília onde apresentará novos projetos de emendas para João Pessoa no Orçamento Geral da União (OGU/2012).

Durante a visita, o prefeito esteve acompanhado dos secretários Municipais de Habitação Social, José Guilherme, de Infraestrutura, Marcelo Cavalcanti, além do coordenador do PAC João Pessoa, Glauco Rogério. A primeira visita do grupo foi à Comunidade Chatuba, no São José.  No local, serão construídas 420 habitações a partir do PAC I, dentro da região do Baixo Jaguaribe. Em andamento, já estão em construção 156 casas. Só nesta terça, o prefeito Luciano Agra também liberou o início das obras para mais 48 unidades.

As intervenções feitas na Comunidade dentro do PAC I receberão investimentos totais de R$ 24 milhões, e além das casas, incluem também todo o trabalho de infraestrutura: drenagem, terraplanagem, pavimentação e implantação de rede água e esgotos, que já está 90% construída. As obras irão beneficiar famílias moradoras de Chatuba e ainda da própria área do São José, e a expectativa é que todo o projeto seja entregue à população ainda em 2012.

Jardim 13 de Maio –  Pela manhã, Luciano Agra também esteve no campo de obras das casas que serão construídas na Comunidade do Riachinho, no Jardim 13 de Maio. No local, a PMJP, através da Secretaria de Habitação Social, está construindo 136 unidades habitacionais que serão ocupadas pelas famílias que sofreram com a inundação decorrente das chuvas e que foram retiradas da Comunidade, que também passará por um plano de reurbanização por parte da Prefeitura.

O prefeito lembra que as obras de habitação no Riachinho estão inseridas em um projeto mais amplo que prevê investimentos aproximados de R$ 4 milhões, a partir da construção de casas em outras comunidades da região: 60 no Gadanho, 27 em Asa Branca e 19 em Riacho da Bomba. Outras 15 casas já estão sendo construídas no Alto do Céu, em Mandacaru.

“Além desses recursos, existe a possibilidade de agregar mais uma fonte de financiamento para esse projeto com verbas de mais outros R$ 4 milhões do Ministério da Integração Nacional. Isso poderá resultar na liberação de recursos pelo PSH para outras comunidades, e ainda qualificar a intervenção nessa área do Riachinho e áreas próximas, tendo em vista que também pretendemos implantar o Parque Lauro Xavier que já existe na região”, ressaltou Luciano Agra.