Luciano participa de lançamento do programa ‘Melhor em Casa’ em Brasília

Por - em 24

O prefeito Luciano Agra participou nesta terça-feira (8), em Brasília, do lançamento do novo programa do Governo Federal para a Saúde ‘Melhor em Casa’ e da ação estratégica ‘SOS Emergência’. O governador Ricardo Coutinho e a secretária de Saúde da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Roseana Meira, também estiveram presentes à solenidade.

O programa ‘Melhor em Casa’ prevê o atendimento domiciliar pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Isso irá possibilitar que pacientes crônicos sem agravamento ou em situação pós-cirúrgica, idosos e pessoas com dificuldade de locomação, entre outros casos, possam ser atendidos em casa de forma gratuita.

“Em João Pessoa, vamos buscar de forma imediata junto ao Ministério da Saúde aderir ao programa, que contribuirá em muito para reduzir o problema da falta de déficit nos hospitais públicos, garantindo atendimento em casos específicos na própria casa do paciente”, destacou Luciano Agra.

Sobre a ação ‘SOS Emergência’, também lançada pela presidenta Dilma Roussef, o prefeito ressaltou que a iniciativa irá envolver a participação das três esferas de poder: União, Estados e Municípios, onde os recursos serão compartilhados. A ação será iniciada a princípio em 11 hospitais do país, que são atualmente referências em suas regiões, possuem mais de 100 leitos e têm pronto-socorros.

“A perspectiva do Governo Federal é que até 2014, a ação deverá ser implantada em 40 dos maiores prontos-socorros do País, incluindo o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa”, informou o prefeito Luciano Agra.

A partir do ‘SOS Emergência’, cada um dos hospitais irá receber por ano R$ 3,6 milhões para custeio com ampliação e qualificação do serviço de emergência. Após uma análise e aprovação do Ministério da Saúde, cada unidade também poderá pleitear outros R$ 3 milhões para compra de equipamentos, obras e reformas na área física do pronto-socorro.

“O importante é que nessas ações, como disse a presidente Dilma Roussef, haverá uma nova pactuação no sistema visando uma saúde de qualidade. A presidenta também defendeu os avanços do sistema SUS e as parcerias entre entidades públicas e privadas, consideradas de referência. Com as duas iniciativas lançadas hoje, o Brasil terá melhores condições de atacar de forma mais contundente problemas nos atendimentos de emergência ou a falta de leitos nos hospitais”, ressaltou Luciano Agra.