Maestro Duda e DJ francês abrem Folia de Rua na próxima sexta

Por - em 50

A abertura do Folia de Rua 2011 acontece na próxima sexta-feira (25), a partir das 20h, no Ponto de Cem Réis. A prévia carnavalesca vai dispor de dois ambientes para democratizar a festa com ritmos alternativos como hip hop, rock e música eletrônica, além das músicas tradicionais cantadas por artistas locais e pelo maestro Duda, de Pernambuco, principal atração da noite. A expectativa para o evento é de um público de 70 mil foliões na primeira noite e mais de um milhão nos nove dias de festa. A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Fundação Cultural (Funjope), apoia o Folia de Rua investindo R$ 150 mil.

A primeira atração da festa carnavalesca será o DJ francês Rémy Kolpa Kopoul e, em seguida, o público vai ouvir a Orquestra PB Pop. Depois será o momento de coroação do rei e da rainha da prévia carnavalesca, que são o humorista Piancó e a cantora Diana Miranda. Segundo o presidente da Associação Folia de Rua, Raimundo Nonato Filho, o “Bola”, será feita uma homenagem a Genival Macêdo, importante compositor paraibano, com a participação de 12 músicos.

São eles: Diana Miranda, Renata Arruda, Lis Albuquerque, Fuba, Jairo Madruga, Gracinha Telles, Regina Brown, Kennedy Costa, Anaí Claro, Eudinho Arruda, Patrícia Moreira e Walter Luiz. “Eles vão cantar quatro canções de Genival e vão encerrar com Meu Sublime Torrão, que é como um hino para a Paraíba”, enaltece Bola.

O principal show da noite será o do maestro Duda, de Pernambuco, que começa à meia noite. O diretor da Funjope, Milton Dornellas, explica que a escolha pelo músico se deu em consenso com o Folia de Rua. “Nós consideramos a importância do maestro para o carnaval e suas parcerias com Genival Macêdo nas composições”.

A abertura do evento terá dois palcos, sendo um no Ponto de Cem Réis e outro na Praça João Pessoa. “Este ambiente será alternativo e voltado para o público jovem que busca opções diferentes de música”, avisa Milton Dornellas. Estão na programação, que também começa às 20h, as seguintes atrações: Alex Madureira, Escurinho, Kaká Santa Cruz, Totonho e Sacal. “Eles tocam rock, hip hop e música eletrônica”, informa Bola.

No primeiro dia da prévia Folia de Rua, as ruas de João Pessoa serão tomadas por seis blocos carnavalescos. Às 17, o Bloco da Cueca estará concentrado no Ponto de Cem Réis. Já às 19h, é a vez do Picolé de Manga, na Avenida João Machado; do Anjo Azul, no Beco da Faculdade de Direito; e do Folia Cidadã, no Porto do Capim. Às 20h o Bloco do Pinguim se reúne no Pavilhão do Chá, e o Confete e Serpentina, na Praça Dom Ulrico.

Investimentos – De acordo com o diretor da Funjope, Milton Dornellas, os investimentos da prefeitura de R$ 150 mil estão assegurados e serão gastos com o pagamento dos cachês dos artistas e com a infraestrutura do evento, como a montagem dos palcos, segurança e contratação de mão de obra.

Maestro Duda – O Maestro Duda é um dos maiores nomes do frevo com uma carreira de 65 anos de composições. Nascido em Goiana, no interior de Pernambuco, compôs sua primeira música aos dez anos de idade. Ele formou diversas bandas de frevo que eram consideradas as melhores dos carnavais.

O músico compôs choros gravados por Severino Araújo e Oscar Miliani, sambas gravados por Jamelão, músicas para Quinteto de Sopros e Quinteto de Metais, banda e orquestra e recebeu o prêmio de melhor arranjo de música popular brasileira em 1980, em concurso promovido pela Globo, Shell e Associação Brasileira de Produtores de Discos.