Maestro João Carlos Martins rege Orquestra de Câmara nesta terça

Por - em 126

O pianista brasileiro e maestro João Carlos Martins vai reger a Orquestra de Câmara da Cidade de João Pessoa (OCCJP) nesta terça-feira (6), 19h, no Ponto de Cem Réis. A apresentação encerra a turnê de concertos gratuitos realizados ao longo de 2011 e promovidos pela empresa Duratex, que está completando 60 anos de existência. No repertório estão músicas clássicas de Beethoven, Brahms e Mascagni, além dos eruditos Enio Morricone e Nestor Piazzolla. O evento tem o apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) através da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

O maestro João Carlos Martins tem uma história de persistência e superação conhecida em todo o Brasil. Ele teve um nervo rompido e perdeu o movimento da mão direita e também desenvolveu a Lesão do Esforço Repetido (LER). Submeteu-se a várias cirurgias, mas em um assalto sofreu um golpe que o fez perder o movimento das mãos novamente. Essa tragédia foi seguida de um tumor que também comprometeu sua mão esquerda.

Homenageado pela escola de samba Vai-Vai, a grande campeã do carnaval paulistano deste ano, João Carlos Martins tem uma conhecida história de sucesso ao piano e como regente. Ele desenvolve ainda trabalho social, com a missão de inserir crianças e jovens de baixa renda no mundo da música. Para isso, conta com a Fundação Bachiana e parcerias com empresas privadas.

A turnê que será encerrada em João Pessoa já passou por São Leopoldo e Taquari (RS), Uberaba e Estrela do Sul (MG), além de algumas cidades do Estado de São Paulo, como a Capital paulista, Botucatu, Lençóis Paulista, Agudos, Jundiaí e Itapetininga.

Orquestra de Câmara – a Orquestra de Câmara da cidade de João Pessoa (OCCJP) foi um projeto iniciado em 2001 sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, sendo viabilizada por meio da Lei Viva Cultura. Atualmente, ela compõe a estrutura da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) participando de eventos comemorativos e realizando ações implantadas pela Prefeitura.

A OCCJP se consolidou como um espaço musical de preparação artístico-profissional de jovens músicos com idades entre 18 a 28 anos. A maioria deles é oriunda do curso superior e da extensão do Departamento de Música da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Sua atual formação conta com um quadro de 41 músicos sob a regência dos maestros Carlos Anísio e Eli-Eri Moura. O grupo faz uma média de duas apresentações mensais.