Mais de 1,5 mil pessoas passam pelo Celeiro Espaço Criativo em dois dias para participar de feira holística

Por Luiz Carlos Lima - em 423

O Celeiro Espaço Criativo, no bairro do Altiplano, recebeu neste fim de semana mais de 1.500 pessoas para a primeira feira holística da Capital. O evento aconteceu entre o sábado, 23, e o domingo, 24, e atraiu interessados em ter contato com práticas consideradas alternativas de saúde e bem-estar. A programação contou oficinas, palestras e cerca de 30 tipos de terapia. A visitação à feira foi gratuita e a realização do evento é de responsabilidade da empresa Caminho da Saúde e conta com apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).

O evento tinha como objetivo promover a saúde, o bem-estar e a sustentabilidade. A ideia é levar a todos os cidadãos uma proposta de cuidados amplamente respaldada pela Organização Mundial da Saúde, já implementada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas, muitas vezes, ainda desconhecida do grande público.

A organizadora do evento e terapeuta fitoterápica, Anette Jianne, explica que muitas das terapias oferecidas na feira podem ser acessadas pelos usários da rede pública. “Há muita desinformação sobre a terapia holística, mas ela pode ser acessível à população. Realizamos essa feira e tivemos um resultado muito positivo com mais de 1.500 pessoas passando por aqui em dois dias. Realizamos diversas vivências onde os interessados tinham um contato teórico e prático com cada terapia. Foi o primeiro evento em João Pessoa e temos certeza que outros virão”, destacou.

O evento – O visitante tinha diversas opções dentre palestras e práticas ministradas por profissionais renomados em aromaterapia, yoga hormonal, artesanato como terapia ocupacional, iridologia, limpeza energética, massagens e reike. Produtos do ramo naturalista estavam à venda a preços acessíveis. Também houve praça de alimentação com comidas veganas e orientação profissional.

Foram realizadas três oficinas: Shanti Mandalas, com Kiara Suele; Tricô de dedos, com Maria Cabreira com (pedagogia Walfort) e Contação de Histórias, com Fernanda Ferreira.

O Celeiro – A organizadora do evento, Anette Jianne, explicou que o Celeiro Espaço Criativo era o lugar ideal para a realização do evento. “É um lugar alto que favorecia a energia. Também é um lugar perfeito onde as pessoas podem se conectar com a natureza. O lugar teve muita aceitação e esperamos realizar uma nova feira aqui”, disse.

A coordenadora do Celeiro, Lúcia França, também comemorou a escolha do local para sediar o evento. “Nossa intenção com essa parceria é atrair um público que consome esse tipo de produto para conhecer também o nosso espaço, unindo o útil ao agradável e saudável”, revelou.