Vias do Mercado Central estão sendo desobstruídas para acesso de clientes

Por - em 161

O Mercado Central de João Pessoa está passando por um processo de reordenamento para devolver o passeio público para os pedestres que frequentemente passam no local. O trabalho vem sendo executado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) que pretende desobstruir os corredores de galpões para o livre acesso dos clientes. A ação faz parte do processo de requalificação do Mercado Central que foi iniciado em 2006. No equipamento os comerciantes que trabalham em boxes estão sendo orientados a retirar produtos que ocupam os corredores para melhorar a circulação.

O trabalho vem sendo realizado em parceria com a Autarquia Municipal Especial de Limpeza Urbana (Emlur) que está promovendoo uma ação educativa sobre a destinação dos resíduos das feiras.

Outro foco do processo de ordenamento é a retirada de comerciantes instalados na Rua Francisca Moura, que passa por dentro do Mercado. A rua vinha sendo utilizada como ponto de venda durante os últimos meses, obstruindo a passagem de veículos na área. “Muitos são comerciantes sem cadastro na Sedurb e estamos estudando a possibilidade de incluí-los no projeto de reforma”, destaca o secretário Lucius Fabiani.

Toda a ação vem sendo discutida com os próprios comerciantes que também estão apresentando propostas para reorganizar o maior mercado público de João Pessoa. Em virtude disso, a Sedurb também aumentou para cinco o número de encarregados do equipamento que, antes, era administrado por dois funcionários. Do mesmo modo, a Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans) vem auxiliando o trânsito no local e estudando um estacionamento definitivo para o Mercado.

Reforma – As obras do Mercado Central tiveram início em 2006 e atualmente encontra-se com 70% das obras licitadas, sendo que 60% deste total já foram entregues aos comerciantes e à população. O investimento até o momento é de R$ 8.671.635,69. A expectativa é que até 2012 todo o projeto seja concluído, contemplando 1.207 comerciantes cadastrados pela PMJP.