Mercado de Cruz das Armas tem 93 boxes em fase de conclusão

Por - em 36

Até o mês de março a primeira fase da obra de reforma e qualificação do Mercado Sindolfo Freire, mais conhecido como Mercado de Cruz das Armas, será entregue à população. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), estão sendo finalizados 93 boxes que ficam na parte interna da feira. O investimento total da obra é de mais de R$ 2 milhões.

Os boxes que estão sendo concluídos vão atender os comerciantes de frutas, verduras e mangaios. Outros 75 boxes ficarão prontos até o final do ano, segundo o cronograma da Sedurb, totalizando 168 boxes numa das feiras mais tradicionais de João Pessoa. “As obras estão adiantadas e tudo caminha para que o cronograma seja cumprido”, garantiu o chefe da divisão de abastecimento alimentar, Antônio Fernando Cunha.

Além da construção dos boxes, já foram concluídas as instalações das redes de esgoto, água e energia, faltando apenas a ligação por parte dos órgãos responsáveis. O piso e o telhado também estão sendo finalizados e, na parte interna das construções, os operários trabalham no acabamento. Tudo pensado para proporcionar mais conforto e funcionalidade aos usuários, aliando com a preservação da arquitetura original.

No novo mercado, o consumidor vai encontrar os tradicionais produtos de feira: frutas, verduras, carnes, frios, laticínios, temperos, grãos e mangaio. Do mesmo modo estarão disponíveis lanchonetes e restaurantes que ficarão dispostos numa área específica de alimentação. Também foi providenciado um posto permanente da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur).

Modernidade e preservação – O mercado foi construído em 1962 e as antigas edificações existentes no seu interior foram demolidas. No bloco original do edifício, a arquitetura foi preservada, com restauração da marquise, das instalações elétrica e hidráulica além da colocação de nova cobertura. Todos os pontos de venda também estão sendo aparelhados de modo a atender às normas da Vigilância Sanitária.

Novidades – Além de boxes mais higiênicos e padronizados, o mercado contará com uma estrutura diferenciada que inclui um auditório com capacidade para 50 pessoas. O local terá ainda duas baterias de banheiros para atender os comerciantes e consumidores durante o funcionamento da feira. A acessibilidade foi outra preocupação visível na obra que conta com rampas, corrimãos e barras de segurança espalhados por todo o equipamento.