Metas do Escola Nota 10 são discutidas em reuniões com educadores

Por - em 54

A Secretaria de Educação e Cultura de João Pessoa (Sedec) está discutindo as metas para o Escola Nota 10 em reuniões que acontecem até dia 3 de junho com todos os nove polos educacionais da Capital. Participam das discussões os coordenadores dos polos, merendeiras, vigilantes, professores, auxiliares de serviço, especialistas e diretores.

O Escola Nota 10 é pautado a partir dessas reuniões, nas quais os participantes sugerem mudanças para o próximo ano, focadas nas situações das escolas, e discutem o que deve ser cumprido durante todo ano para conseguir atingir os 100%. A meta principal do programa é a aprendizagem do aluno.

O Quarteto de Trombones, formado por músicos da Banda Marcial da Sedec, abriu a reunião realizada na terça-feira (25), na Escola Municipal Dumerval Trigueiro, localizada no bairro do Cristo. Em seguida, a secretária de Educação, Ariane Sá, esclareceu os objetivos e metas do programa e mostrou a todos a importância de fazer parte desse trabalho.

Na oportunidade, a secretária apresentou o Instrumento de Acompanhamento da Rotina Escolar. “É gratificante você chegar no ginásio de uma escola e ver que os educadores estão interessados em melhorar sua escola. O principal aspecto dessas reuniões é estimular o profissional a compreender a sua função”, esclareceu Ariane Sá.

Para Diane Gouveia, diretora da Escola Municipal Augusto dos Anjos, no bairro do Cristo – que no ano de 2010 atingiu uma média de 6,7 no Nota 10 –, a reunião cria uma interação com a Secretaria de Educação, onde é possível esclarecer algumas dúvidas. Segundo a diretora, é preciso uma melhor harmonia dos pais com o ambiente escolar. “Falta mais incentivo dos pais dos alunos. Eles estão muito ausentes. Muitos pensam que a educação é uma terceirização, onde na verdade deve haver uma melhor participação por parte deles”.

A Escola Américo Falcão, também do bairro do Cristo, obteve a melhor média do polo II, atingindo 8,6. A diretora Edna Veras resumiu em quatro palavras o motivo do sucesso. “Determinação, empenho, compromisso e responsabilidade. Esse é o nosso lema. E este ano vamos conseguir a nota máxima”, afirmou.

Ao final da explanação sobre o Escola Nota 10, foi realizado um debate onde todos os participantes puderam tirar dúvidas e dar sugestões. “É uma reunião plenária fora de série. Nós conseguimos encontrar o interesse entre todos os professores e funcionários e discutir propostas. E é a partir daí que analisamos e montamos o Escola Nota 10 do próximo ano”, esclareceu o diretor de Gestão Curricular (DGC), Marcelo Bandeira.

 

Confira os locais das próximas reuniões, que acontecem a partir das 14h30:

26.05 (quarta-feira) – Polo III

Local: E.M.E.F. João XXIII, Alto do Mateus

27.05 (quinta-feira) – Polo IV

Local: E.M.E.F. José Américo, Conj, José Américo

30.05 (segunda-feira) – Polo V

Local: E.M.E.F. Leonel Brizola, Tambauzinho

31.05 (terça-feira) – Polo VI

Local: E.M.E.F. Luiz Augusto Crispim, Bairro dos Ipês

01.06 (quarta-feira) – Polo VII

Local: E.M.E.F. Duque de Caxias, Costa e Silva

02.06 (quinta-feira) – Polo VIII

Local: E.M.E.F. Celso Furtado, Funcionários II

03.06 (sexta-feira) – Polo IX

Local: E.M.E.F. Oscar de Castro, Cruz das Armas