‘Minha Casa Minha Vida’ já tem quase 15 mil inscritos na Capital

Por - em 22

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) continua a receber as inscrições para o ‘Programa Minha Casa, Minha Vida’ que vai beneficiar famílias de baixa renda com a casa própria. Até esta sexta-feira (16), a Secretaria Municipal de Habitação Social (Semhab) havia contabilizado 14.500 inscrições.

Os bairros beneficiados com os imóveis do Programa do Governo Federal, desenvolvido pela Prefeitura de João Pessoa, são Mandacaru, Indústrias, Novais e Esplanada. Os terrenos foram disponibilizados pelo governo municipal e os projetos finalizados pela própria Secretaria de Habitação Municipal. A Caixa Econômica Federal (CEF) está concluíndo análise dos projetos.

Em João Pessoa serão construídas 776 unidades, com um investimento global de R$ 25,5 milhões. O bairro das Indústrias irá receber o maior volume de investimento, estimados em R$ 18,6 milhões. No local será erguido o Residencial Anayde Beiriz que terá 580 apartamentos. No bairro dos Novaes serão construídos 80 apartamentos que irão compor o Residencial Novais. O mesmo total de unidades habitacionais estão previstas para o Residencial Mandacaru, na comunidade Alto do Céu. No Conjunto Esplanada será erguido o Residencial Residencial Paulo Freire com 32 outros apartamentos.

Inscrições – A Prefeitura de João Pessoa iniciou as inscrições na segunda quinzena do mês de junho, na sede da Secretaria Municipal de Habitação Social (Semhab), das 8 da manha às cinco horas da tarde. A Semhab fica na rua engenheiro Leonardo Arcoverde, 121, no bairro do Jaguaribe. O atendimento das pessoas interessadas em participar do programa continua sendo pré-agendado pessoalmente ou pelo telefone 3218-5500.

Podem se inscrever famílias com renda de zero a três salários mínimos; que não tenham sido beneficiadas em programas de habitação social do Governo; que não possuam casa própria ou financiamento em qualquer lugar do Brasil e que morem em João Pessoa há mais de 5 anos. Para se inscrever os interessados devem apresentar os documentos originais da RG (carteira de identidade) do marido e esposa; CPF do titular e do cônjuge; Certidão de casamento, nascimento, óbito ou divórcio; Comprovante de residência e Comprovante de renda (formal e informal).