Ministério do Turismo destaca Estação Cabo Branco em DVD

Por - em 40

A Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes é um dos grandes destaques do material de divulgação nacional desenvolvido pelo Ministério do Turismo, apresentado durante o 4º Salão do Turismo, que aconteceu em São Paulo. O equipamento turístico é mostrado em DVD e descrito como um dos atrativos da Capital paraibana, que traz o diferencial de ostentar uma obra do arquiteto Oscar Niemeyer.

“A inclusão da Estação Cabo Branco no DVD oficial do Ministério do Turismo mostra o reconhecimento da importância desse novo atrativo. A obra potencializa a vinda de novos visitantes e instiga a curiosidade dos que já visitaram a Capital para voltar e ver de perto essa obra prima de um grande gênio da arquitetura, além de, claro, aproveitar o nosso sol e mar que é marca registrada da Capital”, destaca o Secretário de Turismo Elzário Pereira Júnior, que participou do evento, semana passada.

Segundo o secretário, a importância de estar presente num evento como este, que teve um público superior a 100 mil visitantes, é justamente poder mostrar que João Pessoa é uma cidade que se volta para o crescimento e fortalecimento do turismo. “O material que foi elaborado pela Secretaria de Turismo e distribuído durante o Salão revela uma cidade surpreendente. Fizemos questão de valorizar a Estação Cabo Branco porque entendemos que é necessário mostrar o que há de novo e o DVD do Ministério do Turismo confirma isso quando destaca a obra”, comemora Elzário Pereira.

Além de figurar no material do Ministério do Turismo e no novo catálogo da Capital, a Estação Cabo Branco também está presente no material oficial da AMTUR (Associação dos Municípios Turísticos do Litoral Paraibano) que conta com apoio do Sebrae e da Secretaria de Turismo de João Pessoa. “Nossa cidade estava sendo apresentada em todas as operadoras que estavam presentes no evento. Inclusive, o roteiro Integrado Civilização do Açúcar que agrega os estados da Paraíba, com a região metropolitana de João Pessoa e municípios do Brejo paraibano, Pernambuco e Alagoas, foi muito procurado. Estamos muito otimistas com os frutos que a participação de João Pessoa deve colher nos próximos meses”, revela.

Perfil do Público
De acordo com o relatório parcial da pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) com cerca de 1,2 mil participantes da feira, 66,9% vieram para conhecer o evento, 23,3% por motivos profissionais ou a negócios, 4,3% para assistir às palestras, 3,9% para adquirir serviços ou produtos turísticos, 1,4% para comprar artesanato e jóias, 0,2% para trabalhar no evento. A maioria dos visitantes é de São Paulo (88,9%), enquanto 2,1% vieram de Minas Gerais, 1,3% do Rio de Janeiro e 1,1% da Bahia.

O turismo brasileiro cresceu 76% em cinco anos e gerou 900 mil empregos no mesmo período, de 2000 a 2005. As estatísticas revelam o retrato do segmento no Brasil. Durante o Núcleo do Conhecimento, no 4º Salão do Turismo – Roteiros do Brasil, os estudos entraram na pauta de discussões.