Monitoramento do Procon-JP reflete no valor da gasolina

Por - em 48

Monitoramento semanal do preço da gasolina e combate aos reajustes injustificados. Essas são algumas das ações realizadas pelo Procon de João Pessoa que contribuem para fazer com que a Paraíba tenha o menor preço cobrado pela gasolina em relação ao restante do país, que custa em média R$ 2,415. A constatação quanto ao valor cobrado pelo produto na Paraíba ser o menor que nos demais estados brasileiros foi feita através de monitoramento de preços realizado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP).

O órgão colheu dados sobre o preço da gasolina comum comercializado entre o dia 10 e 23 de janeiro deste ano. Enquanto na Paraíba a gasolina é vendida em média por R$ 2,40, em estados vizinhos, como Pernambuco e Rio Grande do Norte, o consumidor adquire o produto com valores médios de R$ 2,54 e R$ 2,67, respectivamente. O estado que apresentou o maior valor da gasolina é o Acre, onde o combustível custa, em média, R$ 2,915.

“Esses dados refletem o trabalho realizado pelo Procon-JP, com pesquisas semanais de preços e a realização de fiscalizações para conter abusos referentes a reajustes injustificados nos valores de combustíveis. Com essas ações atendemos uma determinação do prefeito Ricardo Coutinho para que o consumidor não seja lesado, feita quando assumimos a coordenação do órgão”, ressaltou o secretário-geral do Procon-JP, Watteau Rodrigues.

Nesse sentido, uma das ações realizadas na semana passada pelo órgão foi a notificação de postos de combustíveis para justificarem o reajuste do preço da gasolina comum. Em 2009 foram realizadas cerca de 50 pesquisas de combustíveis e 215 autuações de postos por aumento no valor do produto.