Moradores da 3ª região do OD apontam regularização fundiária como prioridade

Por - em 60

Moradores da 3ª região polarizadas por Mangabeira e Cidade Verde apontam a regularização fundiária dessas áreas, como uma das principais prioridades. Esta foi a demanda aprovada com mais de 19,34% destinada a Nova Esperança e em segundo lugar, a formalização da Vila Nova Mangueira com 16,62% dos votos da população, realizada ao preencher o Formulário de Demandas distribuído durante a Reunião Regional da 3ª região, nesta noite de terça-feira (13) com a presença do prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, demais gestores, lideranças comunitárias e população em geral. A plenária ocorreu no Ginásio da Escola Municipal Afonso Pereira, no Cidade Verde, em Mangabeira.

Dentre as demandas eleitas pela população constam uma praça em Mangabeira VI e outra em Mangabeira VIII; pavimentação de duas ruas (José Eustáquio da Fonseca e Maria Ferreira Leite), ambas em Mangabeira VII; reforma e ampliação do Centro de Referência da Juventude. Por ter havido empate foram aprovadas a construção de uma Unidade de Saúde da Família (USF) e a realização de curso de formação profissional destinados à população do Patrícia Tomaz. Também empatados foram aprovados como demandas para 2013 a reforma do mercado público e a construção de uma quadra poliesportiva no Cidade Verde e a criação de um Centro Cultural em Mangabeira I.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra destacou a importância da regularização fundiária como mais uma garantia da cidadania dos moradores da região. Agra afirmou que o esforço da população em sair de casa para indicar prioridades ao poder público representa um avanço na cultura política da cidade. “O Orçamento Democrático é importantíssimo porque são vocês mulheres e homens desta cidade que estão dizendo aonde querem que o governo aplique os recursos. Depois de uma jornada de trabalho o dia todo vir para uma audiência dessas demonstra o interesse da população em decidir os destinos desta cidade com transparência e diversidade”, disse.

Audiência no Alto do Céu – Esta primeira etapa do Ciclo do Orçamento Democrático (OD) 2012 prossegue até o dia 2 de abril com a realização das Audiências Regionais nas 14 regiões em que a cidade foi dividida. Nesta quinta-feira (15), será a vez da população polarizada pelo Alto do Céu, Mandacaru, Bairro dos Estados, Ipês e Pedro Gondin que integram a 11ª região, indicar as dez prioridades de demandas de investimentos para o orçamento de 2013. A Audiência Regional ocorre a partir das 19h na Escola Municipal Violeta Formiga, na Rua Alfredo José Ataíde, no Alto do Céu, em Mandacaru.

Na próxima semana, a Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria Executiva do Orçamento Democrático retoma as Audiências Regionais com a plenária que será realizada na segunda-feira (19) integrando a população da 10ª região na Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, na Rua Carteiro Francisco Marques, no Treze de Maio. A 11ª região é formada pelos bairros  de Mandacaru, Alto do Céu, Pedro Gondin, Bairro dos Ipês, Bairro dos Estados, Ipês II e Padré Zé, além das comunidades João Galdino, de Carvalho, Pé de Moleque, Beira da Linha, São Pedro, Jardim Mangueira, Porto João Tota, Vem-vem, Jardim Ester, Jardim Coqueiral, Beira Molhada, Vila do Teimoso, Rua do Cano, e Mangue.

Calendário de plenárias – O calendário completo das 14 audiências podem ser conferidos no portal da Prefeitura de João Pessoa, por meio do endereço: www.joaopessoa.pb.gov.br ou direto no link http://od.joaopessoa.pb.gov.br/?page_id=1743#wp-table-reloaded-id-2-no-1.

Contato com o OD – Para mais informações, a Secretaria Executiva do Orçamento Democrático pode ser contatada pelo telefone 83 3218 5629. Nas redes sociais a população pode seguir e interagir pelo twitter (twitter.com/pmjpOD) e por e-mail no endereço odemocratico@joaopessoa.pb.gov.br

Demandas – O ritual em todas Audiências Regionais é o mesmo para as 14 regiões: ao preencher os Formulários de Demandas as pessoas indicam a prioridade de investimento para a sua região. Após a a avaliação que o prefeito Luciano Agra faz, os microfones são abertos para a intervenção dos cidadãos, cada um com direito a três minutos de fala. Ao final, o prefeito responde aos questionamentos, solicitações, elogios e críticas ao poder público municipal. Em seguida, são apresentadas as dez demandas mais votadas pela população que irão compor o planejamento da Prefeitura de João Pessoa que será feito até o mês de setembro. Na sequência, o governo retorna com as plenárias para apresentar o que será realizado em cada região, levando em consideração critérios técnicos, de viabilidade orçamentária e impacto social.