Moradores da 8ª região do OD apontam dez demandas prioritárias em audiência

Por - em 84

Construção de praça pública em Cruz das Armas; reforma do Mercado de Oitizeiro; construção do Centro de Referência da Educação Infantil (Crei) no Jardim Guaíba; criação de uma Unidade de Saúde da Família (USF) e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), ambos em Cruz das Armas; implantação de saneamento básico no Jardim Planalto e pavimentação de rua no Funcionários I, integram as dez demandas mais votadas pela população que compareceu a Audiência Regional da 8ª região na noite desta segunda-feira (12), dando sequência a primeira etapa do Ciclo do Orçamento Democrático (OD).

Uma curiosidade é que a construção de uma praça pública foi eleita como a primeira prioridade com cerca de 35% dos votos da população presente a Escola Municipal Zulmira de Novais, em Cruz das Armas.

A população presente à Audiência Regional na noite desta segunda-feira, pertence aos bairros de Oitizeiro, Jardim Planalto, Cruz das Armas, Jardim Guaíba, Baleado, Lagoa Antônio Lins, Alvorada I e II, Comunidade Novo Horizonte II/Comunidade Ribeirinhas, Funcionários I e Buraco da Gia.

Legitimidade – O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, destacou que o esforço da população em participar das plenárias a cada novo ciclo dá legitimidade ao poder público. “O Governo Municipal toma os anseios da população em forma de demandas como norteador para a elaboração de políticas públicas voltadas para os bairros e comunidades pensando no bem comum da população. Por isso, o Orçamento Democrático é uma conquista do povo e da cidade”, disse.

Próximas audiências – De forma similar, a população da 3ª região orçamentária se reúne na noite desta terça-feira (13), a partir das 19h, no Ginásio da Escola Municipal Afonso Pereira, no Cidade Verde, em Mangabeira, para apontar as dez demandas da região polarizada por Mangabeira e Cidade Verde. Na quinta-feira (15), será a vez da Audiência Regional da 11ª região, também a partir das 19h, na Escola Municipal Violeta Formiga, no Alto do Céu, em Mandacaru.

Participação democrática – O titular da Secretaria Executiva do Orçamento Democrático, Tibério Limeira, avalia como positiva e estimulante a forma de organização da população para encaminhar as solicitações durante as Audiências Regionais e reafirma a importância desse instrumento como importante para a administração pública.

“O poder público precisa estar atento aos anseios, vontades e necessidades da população e como é quem gere os recursos tem condições de atender parte considerável dessas demandas desde que sejam analisadas as viabilidades técnicas e orçamentárias. O Orçamento Democrático se constitui em um instrumento que garante a participação democrática e a co-responsabilidade no que se refere a destinação de recursos da cidade e esse é um avanço para a cidade e uma conquista do povo”, disse.

O Ciclo do Orçamento Democrático 2012 foi aberto no dia 28 de fevereiro com Audiência Regional e prossegue até o dia 02 de abril, sempre às 19h, totalizando 14 plenárias populares com os moradores da cidade para recolher as dez prioridades de cada região para servir de base para a elaboração das peças orçamentárias da cidade para o exercício de 2013.