Moradores da orla priorizam saúde, trabalho e educação

Por - em 26

Saúde, trabalho e renda e educação foram as três prioridades apontadas pela população da 1ª Região Orçamentária, durante a segunda Audiência Regional do Orçamento Democrático (OD), realizada nesta quarta-feira (24), no ginásio da Escola Municipal Nazinha Barboza, em Manaíra. A reunião na 1ª Região, que engloba bairros como Bessa, Jardim Oceania, Manaíra, São José, Chatuba entre outros, contou com a participação de cerca de 500 pessoas.

O objetivo desta etapa do Ciclo é, além de eleger as prioridades que vão orientar as ações do governo no próximo ano em cada região, promover uma avaliação do Governo em conjunto com a população e prestar contas sobre as obras que foram realizadas a partir das demandas levantadas no ciclo do ano anterior.

O vice-prefeito Luciano Agra participou da Audiência ao lado dos secretários municipais que responderam aos questionamentos da população. “O Orçamento Democrático é isso aqui, essa proximidade, o esforço de ir corrigindo sempre. É por isso que estamos nesse esforço de tornar público, o que fazemos com o dinheiro que é público”, declarou o vice-prefeito.

Obras – A coordenadora do Orçamento Democrático, Ana Paula Almeida, fez uma apresentação das obras realizadas na Região em 2009, a exemplo do Mercado Público do Bessa e da construção da Escola Padrão no Jardim Oceania. Também foram apresentadas as obras que estão previstas para a Região este ano como a reforma do Calçadão da Orla, que já começou, e a construção de 468 casas do PAC no São José. “Fizemos a opção de prédios semiverticais para não retirar as pessoas do São José, para que elas não percam seus vínculos, seus empregos que estão ali próximos, não precisem mudar os seus filhos de escola”, explicou Estelizabel Bezerra, secretária de Planejamento.

O Ciclo do OD 2010 continua com a primeira etapa no dia 1º de março, com uma Audiência Regional, a partir das 19h, na Escola Municipal Antônio Santos Coelho Neto, localizada à praça Oswaldo Pessoa s/n, no Bairro da Penha, que faz parte da 1ª Região Orçamentária.