Moradores participam da última audiência do OD, no Gervásio Maia

Por - em 40

As comunidades do Gervásio Maia, Gramame, Marinês e Colinas do Sul lotaram o ginásio da Escola Municipal jornalista Raimundo Nonato, no conjunto Gervásio Maia, na noite desta quinta-feira (17), para participar da última Audiência Popular do Orçamento Democrático realizada pelo Governo Municipal. A secretaria de Desenvolvimento Sustentável da Produção (Sedesp) foi a responsável por apresentar à população o que está sendo executado em João Pessoa na geração de emprego e renda, além das metas para 2010.

O secretário Adjunto da Sedesp, Lucius Fabiannni, falou do Empreender-JP e explicou como funciona o programa na Capital. “O sucesso desse programa na geração de emprego e renda tem atraído a atenção de vários municípios, que têm enviado representantes à capital paraibana para conhecer a nossa experiência”, declarou.

Lucius Fabianni falou ainda dos mais de R$ 16 milhões investidos no Empreender-JP desde 2005, da criação de novas linhas de crédito, como o empreender Mulher, o empreender Jovem e o empreender Superação. As áreas de vestuário e alimentação foram as que tiveram o maior número de contratos liberados.
Para 2010, o programa tem como meta a criação de novas linhas de crédito; a inclusão social de mais 2,5 mil beneficiários; a formação de cooperativas de vestuário e a formação da rede empreender de mini mercados, entre outros. “O Empreender nasceu com a missão de promover a inserção e a qualificação do trabalhador. Ele é um programa de micro crédito que busca dar apoio aos pequenos negócios, fomentando e desenvolvendo a economia da cidade”, explicou.

Oportunidade – Para seu José Pedro, do Bairro do Gramame, o programa é importante por dar oportunidade a quem pretende abrir um pequeno negócio e, muitas vezes, não tem capital para investir. “Agora que entendi melhor como funciona o programa vou me inscrever para investir no meu espetinho”, declarou.

Já para dona Janicleide Silva, beneficiada pelo programa, a liberação do seu crédito veio em boa hora. Ela irá abrir uma loja de confecções no Bairro dos Estados. “Eu estava desempregada há um bom tempo e resolvi procurar o programa Empreender. Fui selecionada e meu foi crédito liberado, agora vou poder voltar a trabalhar e, dessa vez, no meu próprio negócio”, comemorou.

Essa foi a última audiência da 4ª Etapa do ciclo democrático. A próxima etapa acontecerá no mês de dezembro, encerrando o ciclo 2009. Segundo a coordenadora do Orçamento Democrático, Ana Paula Almeida, a 5ª e última etapa, irá avaliar as etapas anteriores, a metodologia e a articulação dos delegados do orçamento com o governo e a comunidade.