Moraes Moreira, DJ Guirraiz e a Orquestra Sanhauá agitam a orla

Por - em 19

O réveillon de João Pessoa mais uma vez terá uma noite colorida e animada nas areias das praias de Cabo Branco e Tambaú, desta vez com apresentações do DJ Guirraiz, Moraes Moreira e Orquestra Sanhauá, que prometem alegrar o público até os primeiros raios de sol de 2009. Haverá ainda a tradicional queima de fogos, um momento especial, quando o céu ganha um belo colorido e a emoção toma conta de quem assiste ao espetáculo.

O evento faz parte da programação ‘Natal e Réveillon – João Pessoa Melhor a Cada Ano’, organizada pela Prefeitura da Capital (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope).

A orla estará completamente iluminada para dar maior conforto e segurança ao público, com a presença da Polícia Militar, Guarda Municipal, homens de uma empresa de segurança privada e o apoio do Corpo de Bombeiros. No local, será instalada uma bateria de banheiros químicos, inclusive para pessoas com deficiência. Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) estarão de prontidão, e agentes de trânsito vão orientar o tráfego nas proximidades, desde o final da tarde deste dia 31.

Moraes Moreira
– Uma das grandes atrações da noite é o show do artista baiano Moraes Moreira, um dos destaques do tropicalismo, que gravou o seu primeiro trabalho no início dos anos 70 ao lado da banda ‘Novos Baianos’. Logo em seguida, no antológico ‘Acabou chorare’ e em outros projetos, Moraes marcou sua presença, atuando de forma destacada como compositor, cantor e instrumentista. Em 1975 partiu para uma vitoriosa carreira solo, embalado pelo sucesso da música ‘Pombo correio’, composta em parceria com Dodô e Osmar, inventores do trio elétrico (do qual o Moraes foi o primeiro cantor).

Do começo até aqui são 39 discos, quase 500 músicas gravadas, muitas delas já consagradas pelo grande público que o acompanha desde o início. Seu lado compositor ao longo do tempo também vem sendo reconhecido através de belas versões interpretadas por grandes nomes da MPB. Neste show, Moraes Moreira se apresenta com 8 músicos e conta com a participação especial do seu filho Davi Moraes.

Repertório – Sucessos já consagrados pelo grande público formam o repertório deste show, além de algumas novidades. Será um pré-lançamento do seu DVD ‘A História dos Novos Baianos e Outros Versos’, que tem lançamento previsto para o final de janeiro do ano que vem. Entre as composições relacionadas para o show, destacam-se ‘Lá vem o Brasil descendo a ladeira’, ‘Eu Também quero beijar’, ‘Forró do ABC’, ‘Sintonia’, ‘Preta Pretinha’, ‘Coisa acesa’, ‘Bloco do prazer’, ‘Pombo correio’, ‘Festa do interior’, ‘Vassourinha elétrica’, e ainda músicas inéditas, a exemplo de ‘Spok frevo Spok’.

Moraes Moreira escreveu um texto em Literatura de cordel, que retrata fragmentos do Nordeste. Ele inicia seu texto, ressaltando os novos tempos. “Já se passaram os dias / Em que as oligarquias / Mandavam ver no Nordeste / E já não faz mais sentido / Aquele velho e batido / Terra de ‘cabra da peste’. O cordel será lançado durante este show.

Guirraiz – Outra atração da noite é o DJ Guirraiz, um dos principais profissionais da área no Nordeste, que realiza pesquisa sobre a musica negra mundial e técnicas na discotecagem, alguns dos atributos de suas apresentações.

O sincretismo de suas produções é traduzido pela diversidade do seu trabalho, tendo no repertório músicas em sua maioria brasileira com influência de diversos ritmos, principalmente do Nordeste, com misturas rítmicas variadas, que vão de Jackson do Pandeiro a ‘Racionais’, de Pinduca a ‘Nação Zumbi’.

O DJ Guirraiz fala da oportunidade de participar novamente do réveillon da Capital. “Para mim é muito legal ter a oportunidade de tocar novamente no réveillon da cidade, poder contribuir com as pessoas, aprender e propor alguns sons que às vezes o pessoal não está acostumado a ouvir, mais que é o nosso som, o som da nossa gente, como tantos outros”, disse.

Orquestra Sanhauá – Para encerrar a noite em grande estilo e recepcionar os primeiros raios de sol do novo ano, sobe ao palco a Orquestra Sanhauá da Paraíba, um grupo formado por músicos profissionais da Paraíba com o objetivo divulgar a música instrumental brasileira, dando ênfase à música nordestina bem como seus arranjadores e compositores.

Para o réveillon, a Orquestra vai apresentar a versão orquestra de frevo, com um repertório específico, composto de 30 músicas que resgatam a tradição dos bons e velhos carnavais, dentre essas sucessos como ‘Banho de cheiro’, ‘Bom demais’, ‘Pegando fogo’, ‘A pisada é essa’, ‘Voltei Recife’, ‘Vassourinhas’ e ‘Último dia’.

A Sanhauá é formada pelos músicos Jadir Camargo e Mônica Melo (voz), Costinha, Marcelo Vilor e Juninho (saxofones), Ranilson de Farias e Dílson (trompetes), Sandoval Moreno e Roberto (trombones), Marcelo Macedo (guitarra), Sérgio Gallo (baixo), Glauco Andreza (caixa), Germana França e Márcia Araújo (percussão).