Nautimodelismo: mostra paraibana acontece na Estação Cabo Branco

Por - em 71

Uma exposição em cartaz na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes contempla o visitante com informações importantes sobre o mundo da navegação. A II Mostra de Nautimodelismo da Paraíba inclui ainda seminários, palestras, oficinas e produção e montagem de embarcações. A entrada é gratuita e as peças podem ser vistas de terça-feira a domingo, das 9h às 17h, numa boa oportunidade para adultos, crianças e adolescentes de férias aumentarem seus conhecimentos sobre os temas relacionados à navegação. A exposição tem despertado a curiosidades de amantes de embarcações e já foi vista por centenas de pessoas.

O evento é promovido pela Associação Brasileira de Educação Profissional (Asbepro), Capitania dos Portos do Estado da Paraíba e 3º Distrito Naval, em parceria com a Prefeitura de João Pessoa (PMJP), e recebe o patrocínio da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT). A programação compreende quatro módulos, incluindo o ‘Encontro e Mostra de Nautimodelismo’ que está reunindo membros de clubes e associações de todo o Brasil em torno do universo do modelismo náutico.

Os módulos são: ‘Encontro de Nautimodelismo’, que reúne associados de clubes de modelismo náutico, como Hermágoras Henriques Torres e Alvanir Bezerra. Nesse módulo estão previstas palestras e oficinas de modelismo e origami e o visitante terá a oportunidade de conhecer réplicas de grandes embarcações, caravelas e navios desenvolvidos pelo nautimodelismo, através de um trabalho minucioso em madeira transformada em peças de grande beleza.

O segundo módulo é intitulado ‘Navegando pelos mares do Brasil e do Mundo’, uma exposição de projetos e de peças do acervo da Marinha, incluindo objetos do Museu Naval, destacando a importância dos mares para a organização social, política, econômica e cultural do Brasil. O visitante pode conhecer um pouco do Projeto Proantar, estação científica na Antártica e a do arquipélago de São Pedro e São Paulo e saber o que é a ‘Amazônia Azul’. Serão apresentados vídeos educativos e realizadas palestras a fim de divulgar e levar conhecimento à população.

O terceiro módulo apresenta João Pessoa como patrimônio natural, histórico e cultural do Brasil, através dos aspectos históricos e ambientais, mostrando os biomas e a biodiversidade do litoral paraibano. O quarto e último módulo trata dos 200 anos da chegada da família real portuguesa ao Brasil, com uma amostra de artefatos e documentos relativos ao evento, as principais decisões de Dom João VI e as conseqüências econômicas, políticas, sociais e culturais ocorridas no período de 13 anos de permanência no Brasil, tudo registrado pela imprensa que acompanhou o desenvolvimento do País até os dias de atuais. Os documentos expostos fazem parte do Acervo Joaquim Nabuco.

A organizadora do evento, Luciana Torres, explica que o evento é uma homenagem ao nautimodelista Hermágoras Torres. “Em 2007, realizamos a primeira mostra e, este ano, ela ganhou espaço e conquistou parceiros importantes como a Capitania dos Portos da Paraíba e a Asbrepo, o que confirma a grandeza e importância do projeto”, comenta. Todas as oficinas e palestras são gratuitas e abertas ao público em geral. Mais informações pelo telefone 8823-2638.