Novas moradias melhoram qualidade de vida no Condomínio da Fraternidade

Por - em 44

“Estamos muito felizes e eu gostaria de dizer que esta obra transformou não só as nossas casas, mas nossas vidas, pois nos trouxe a auto-estima de volta e uma moradia digna”, declarou a dona de casa Selma Dantas de Albuquerque, que representou as mais de 40 famílias do Condomínio da Fraternidade que receberam nesta terça-feira (20) os imóveis reformados pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Habitação Social (Semhab).

A obra, localizada no bairro Funcionários IV, foi entregue pelo prefeito Luciano Agra que falou do trabalho desenvolvido pela administração municipal no setor de habitação e nos condomínios. “Nós tínhamos que resolver em definitivo o problema desses condomínios. Agora aqui temos moradia digna”, reforçou o prefeito.

Luciano Agra ainda lembrou os desafios habitacionais do inicio da gestão e a marca de mais de seis mil casas entregues. “São mais de 24 mil pessoas, no mínimo, que estão abrigadas em locais adequados e acessíveis. Até o final desse ano serão mais duas mil moradias entregues e em 2012 a meta é atingir as 12 mil”, afirmou Luciano Agra.

O secretário de Habitação Social, José Guilherme, disse que no Condomínio da Fraternidade os moradores também contam com uma área de lazer. “Aqui quebramos um paradigma com relação à habitação de interesse social, pois essa área de convivência instalada no condomínio, além de resgatar a auto-estima, possibilita que as pessoas tenham esse local de lazer onde podem utilizar a área da melhor maneira possível”, disse o secretário.

José Guilherme reforçou que com o Condomínio da Fraternidade, a PMJP ultrapassa a marca de seis mil unidades entregues. “A gestão está no caminho certo. Luciano Agra como líder dessa gestão e como arquiteto que conhece essa cidade, tem possibilitado essa organização espacial de João Pessoa e dessas comunidades mais carentes, com direcionamento de investimento para essa área que, a gente sabe, nunca tinha ocorrido”, disse o secretário, recomendando que os moradores do Fraternidade “aproveitem da melhor forma possível tentando conservar o que foi feito com muito carinho”.

Mais dignidade – A dona de casa Angélica da Silva, uma das moradoras do Condomínio da Fraternidade, afirmou que com os cinco blocos reformados e os 40 apartamentos revitalizados pela PMJP tudo melhorou. “Antes era desorganizado, tinha muita lama e agora está tudo, muito, muito melhor”, avaliou.

Já a aposentada Gercina Francisca de Sousa Alves, que reside no local há mais de dez anos, contou que “tudo ficou maravilhoso, um céu, amplo. Melhorou a entrada e saída dos moradores”.

Melhorias – No Condomínio da Fraternidade, a intervenção foi de revestimento externo, pintura, troca de esquadrias, coberta, calçamento, troca de louça sanitária e instalações hidro-sanitárias, além da urbanização da área externa como praça e jardins. Todas as unidades habitacionais possuem a mesma área construída (22,80 metros quadrados), compreendendo uma sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço, banheiro social e quarto. Na obra, o governo municipal investiu R$ 222.676,86, recursos estes da Outorga Onerosa.

Além do Condomínio da Fraternidade, a Prefeitura já entregou totalmente reformado o Condomínio da Amizade, no bairro Valentina. Estão em obras o Independência I e II (em Paratibe) e Esperança (Padre Zé). Outros cinco, Liberdade (Paratibe); Cidadania (Paratibe); a Paz (Jardim Veneza); Girassol (Mangabeira) e Índio Piragibe (Ilha do Bispo), estão aguardando resultado da licitação para que as melhorias sejam iniciadas.

Visita – Após a entrega das obras no Condomínio da Fraternidade, o prefeito Luciano Agra visitou o Centro de Referência da Educação Infantil (Crei) Noêmia Trindade, também no bairro Funcionários IV. O local, que está com obras na fossa e sumidouro, segundo a diretora Maria Montoto, deve entrar em breve na lista das unidades que serão reformadas.