Obra de recuperação da orla de JP deve ser concluída em 30 dias

Por - em 49

As obras do calçadão da Praia de Manaíra deverão ser concluídas em aproximadamente 30 dias. A previsão é da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) de João Pessoa. No local, estão sendo feitas intervenções referentes à recuperação de parte do calçadão e do muro de arrimo danificados pela força da maré cheia.

A Seinfra está construindo um muro de gabião de 83 metros de extensão. O secretário de infraestrutura, Hermes Felinto, explica que a intervenção tem o objetivo de proteger as fundações do muro de arrimo existente no calçadão de Manaíra. Segundo ele, a execução do serviço segue em ritmo lento porque só pode ser feita quando a maré esta baixa. A área está interdita por medida de segurança.

Na altura do Mercado de Peixe, na Praia de Tambaú, a Seinfra está construindo outro muro de arrimo de três metros de extensão. Essa ação é preventiva, já que no local a ação da maré alta também pode comprometer, futuramente, as bases estruturais do prédio.

O projeto de revitalização da orla marítima idealizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) incluiu a renovação da praça contemplativa na Praia de Tambaú, renovação do piso, plantio de mudas, bancos, iluminação ornamental, esculturas de arte, ciclovia e uma maior área para circulação. A população e os turistas que circulam na orla ganharam em visual e um calçadão amplo para a prática de caminhada, corrida ou simplesmente para um passeio no final de tarde.

O novo piso tipo intertravado cobre uma área de 1,8 mil metros, a partir da divisa das praias de Manaíra e Bessa, no final da Avenida João Maurício até o novo Mercado do Peixe, em Tambaú. O trabalho está sendo realizado pelo Governo Municipal, por meio das Secretarias de Infraestrutura (Seinfra) e de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), com investimentos da ordem de R$ 1.353.878,00.

Calçadão Cabo Branco – No que se refere à conclusão das obras de restauração do trecho do calçadão da Praia de Cabo Branco, a previsão é de 45 dias. O trecho foi destruído pelo avanço do mar, que atingiu o muro de arrimo, a calçada, ciclovia e o asfalto. A calçada cedeu no início do mês de março passado devido a uma maré de 2,7 metros de altura e a área continuará interditada até a conclusão do serviço.                                                     

Segundo o secretário Hermes Felinto está sendo construído um murro de arrimo que atingirá cerca de 180 metros de extensão. O muro deverá formar uma barreira de proteção e dar maior sustentação ao muro que está sendo restaurado, assim como para a calçada. Na sequência, a calçada, a ciclovia e o asfalto também serão refeitos.

Projeto de Contenção – O Governo Municipal vai investir R$ 10,5 milhões na contenção do avanço do mar na orla de Cabo Branco. O projeto inclui a recuperação do trecho que vai da Praça de Iemanjá, no Cabo Branco, até a Praça do Sol Nascente, na Ponta do Seixas.