Obra de reforma do Galpão III do Mercado Central está em ritmo acelerado

Por - em 127

A obra de reforma do Galpão III do Mercado Central, realizada pela Prefeitura de João Pessoa, que vai abrigar boxes para a venda de carnes, frios e derivados, está em ritmo acelerado e os comerciantes ansiosos para ocupar os novos espaços, dentro dos padrões de higiene e acessibilidade exigidos pela legislação. “Vai ser tudo de bom. Um boxe novo, uma estrutura melhor. Aqui onde estamos, na época de chuva, tem infiltrações e nos vamos ter locais adequados para trabalhar e atender bem nossos clientes”, disse o comerciante José Diego.

Opinião compartilhada por Maria da Anunciação Rabelo Lisboa de Melo, outra comerciante que vai ocupar o Galpão III. Ela trabalha com o marido, Carlos Alberto Lisboa Melo, há mais de sete anos no Mercado Central, e destaca a higiene e a possibilidade de atender melhor os clientes no novo box. “Vai melhorar a limpeza e o atendimento”, reforçou.

Obras – Segundo o mestre de obras Vanderli Soares, o trabalho no Galpão III foi dividido em lado A e B. “No lado B, estamos na regularização do piso. A parte hidráulica e cobertura estão concluídas. No A, já foi feita a laje do piso, a alvenaria está pronta e estamos na colocação dos brisos da coberta. No A também já vamos entrar na parte de preparação para o reboco e acabamento. Nesse lado, toda a parte hidráulica e elétrica está pronta, o reboco interno pronto, marquise pronta e a manta de impermeabilização já foi colocada”, afirmou Vanderli Soares.

O Galpão III vai abrigar 56 comerciantes de carnes. De acordo com o projeto, a reforma do setor contemplará a urbanização e uma área para carga e descarga. O local também vai abrigar alguns boxes para a comercialização de frios e derivados.

Conforme o chefe da Divisão de Abastecimento Alimentar (Diaal), da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Antonio Cunha, mais de 70% das obras de reforma do Mercado Central foram concluídas. Dentre as partes finalizadas estão os Galpões I e V (setor administrativo e de comercialização de cereais e produtos diversos), as Praças de Alimentação I e II e os Pavilhões I e II (frutas, verduras e raízes). Após a conclusão do Galpão III, será a vez do Galpão IV e anexos. “O Galpão IV será para os mangais e o anexo para comercialização de roupas e para as lanchonetes”, disse Antonio Cunha.

Consumidores – A melhoria na estrutura do Mercado Central é aprovada também pelos consumidores. Um exemplo é o aposentado Lourival Pedro Felício, que há mais de 20 anos faz compras no local. Ele conta que quebrou o fêmur e com a acessibilidade proporcionada pela reforma não teme escorregar e cair. “Melhorou muito. Principalmente em época de chuva. Estou livre de quedas”, comemorou Lourival Pedro.

As obras de reforma e ampliação do Mercado Central foram iniciadas pela Prefeitura de João Pessoa em 2006. Essa é a primeira grande intervenção no local, que foi construído no início da década de 1940.