Obras da PMJP na orla beneficiam população e impulsionam o turismo

Por - em 55

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) continua investindo na infraestrutura da orla marítima da Capital, com obras para a melhoria da qualidade de vida da população e para o aumento do potencial turístico da cidade. Ainda neste mês será aberta a licitação para a construção da ciclovia e do calçadão no Jardim Oceania. Além dessas, outras obras importantes estão para começar como, por exemplo, as de contenção da erosão da barreira do Cabo Branco, com investimento de R$ 15 milhões, já garantidos pelo Ministério do Turismo (Mtur).

De acordo com a secretária adjunta de Planejamento, Amélia Panet, ainda neste ano, é possível que a PMJP comece os trabalhos de intervenção na barreira do Cabo Branco. “No momento, estamos tratando da licença ambiental, que será feita por meio de um licenciamento compartilhado entre a Secretaria de Meio Ambiente (Semam) e a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), com o acompanhamento da Seplan”, diz Amélia Panet.

Ela ressalta que as secretarias envolvidas nesse processo estão desenvolvendo o assunto com muita cautela, uma vez que trata-se de um dos pontos mais significativos da cidade e de grande importância ambiental e geográfica. Amélia Panet explica que os corais que ficam na área próxima à barreira possuem lacunas que serão completadas com rochas específicas para conter a força das ondas, o que deve diminuir o atrito com a falésia.

Segundo ela, além do quebra-mar na linha dos corais, será feita uma proteção no sopé da falésia, conhecida como enrocamento, e só após essa contenção a construção da Praça do Sol Nascente, na praia do Seixas, e a reconstrução da Praça de Iemanjá poderão ser executadas. “Os projetos para as duas praças estão sendo ajustados por conta do avanço do mar na região. As obras só serão possíveis após a contenção da ação marinha”, destaca a secretária adjunta da Seplan.

Estação Cabo Branco – As obras do anexo da Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Artes, estão com 95% da sua estrutura de concreto armado concluída e o complexo deve ser inaugurado no primeiro semestre do próximo ano. Por meio de um convênio do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), com a PMJP, estão sendo investidos R$ 19.135.264,43 no empreendimento.

O prédio é composto por três pavimentos, onde funcionarão a parte administrativa, o setor de exposições ou pavilhão, quatro mini auditórios para eventos, galeria de exposições e restaurante. Estão sendo feitos o acabamento e as instalações elétrica, hidráulica, telefônicas e hidrosanitárias.

Na Estação Cabo Branco também há uma equipe trabalhando na manutenção do piso do terraço do prédio. Os recursos investidos são da ordem de R$ 14.710.

Projeto Orla – As ações do Projeto Orla no Jardim Oceania devem começar ainda neste ano. Conforme a secretária adjunta da Seplan, neste mês será aberto o edital de licitação para a construção da ciclovia e do calçadão, na área que vai do Mag Shopping ao Iate Clube. “O processo licitatório deve durar aproximadamente 45 dias e, em seguida, as obras serão iniciadas”, diz ela.

Já as obras da ciclovia e do calçadão do Cabo Branco estão em análise pela Caixa Econômica Federal (CEF). Na parte do calçadão do lado do mar será feita pintura de ciclovia, colocação de pavimentação de intertravado, pintura da faixa de segurança entre a ciclovia e a calçada. Os recursos previstos são de R$ 2 milhões e a estimativa é que as obras durem um período de 12 meses, após a assinatura da ordem de serviço. Entretanto, ainda não há uma data para a abertura do edital.

A PMJP também vai realizar obras do outro lado do calçadão, na parte das casas, com padronização das calçadas, criação de vagas para estacionamento e abertura de ruas. Os valores previstos são de R$ 1,6 milhão.

Infraestrutura – A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) está realizando diversas obras nos bairros da orla da Capital, como pavimentação nas ruas, reforma e ampliação de Centro de Referência em Educação Infantil (Crei), construção de Unidade de Saúde da Família (USF) e Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Os investimentos giram em torno de R$ 7.592.773.

De acordo com a diretoria de Obras da Seinfra, estão sendo feitas a pavimentação em paralelepípedo e drenagem pluvial nos bairros de Aeroclube, Bessa e Jardim Oceania, nos valores de R$ 4.553.298,66. A maior parte dos recursos é para o Bessa, com investimentos de R$ 2.393.273,11. Em seguida, está o Jardim Oceania (R$ 1.631.337,68) e o Aeroclube (R$ 528.687,87).

No bairro de Manaíra, o investimento na área de educação é na reforma e ampliação do Crei Antônio Varandas. As obras estão orçadas em R$ 337.169 e 60% dos serviços já estão concluídos.

Na área de saúde está sendo construída uma USF na rua Irmão Antônio Reginaldo, quadra 24, no Bessa. Os recursos empregados são de R$ 552.305,67. Conforme a diretoria de Obras da Seinfra, aproximadamente 20% dos serviços já foram executados. No local onde foi construída a USF funcionava um bar, que foi instalado irregularmente. Após sua demolição, a PMJP iniciou as obras da unidade.

Já em Manaíra, uma UPA será inaugurada no próximo mês. Toda a estrutura da unidade já está pronta, a exemplo das salas, das instalações elétricas e hidráulicas, e os equipamentos. A obra foi orçada em R$ 2,15 milhões.