Obras no Hospital do Valentina estão em ritmo acelerado

Por - em 55

As obras da segunda etapa da reforma e ampliação do Hospital do Valentina estão em ritmo acelerado. O projeto está orçado em R$ 3.614.537,00, sendo R$ 2.233.000,00 em recursos próprios e R$ 1.381.537,00 oriundos de parceria com o Governo Federal e a previsão de entrega do equipamento é para janeiro de 2009.

Os benefícios feitos na unidade englobam toda estrutura física nas áreas externa e interna, substituição da rede elétrica e hidráulica. Cássia Reis, engenheira da Secretária de Saúde (SMS), informou que também está sendo construída uma subestação de energia, onde ficará toda a parte de sistema de alimentação de energia da unidade, já a que a anterior estava em péssimas condições de funcionamento.

Faltando dois meses para a conclusão da segunda etapa da obra, os operários já finalizaram o projeto de ampliação das enfermarias adulto e pediátrica, que passarão de 30 para 60 leitos, mais a construção de toda área de apoio com laboratório de exames clínicos, sala de esterilização, cozinha, sala pós-anestésica, pronto- atendimento (setor de urgência), entre outras. Já nos setores onde a reforma está ocorrendo, como é o caso da administração, a obra está em fase de acabamento, pintura e revestimento de cerâmica.

A diretora-geral da unidade, Celeida Barros, explicou que o hospital totalmente reformado e ampliado significa o respeito da atual administração com a área de saúde. “Ao fim da obra, passaremos a ter 16 leitos de observação adulto e infantil, que antes eram quatro adultos e apenas dois infantis; será ampliado de dois para três o número de blocos cirúrgicos, mais duas salas de pequenas cirurgias, duas de suturas, entre outros serviços que o hospital não oferecia. O perfil da unidade vai mudar e para melhor atender o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS)”, enfatizou Celeida.

Os benefícios também serão sentidos na área externa, na melhoria e ampliação do estacionamento, fachada e muro do hospital. O projeto inclui ainda a compra de equipamentos hospitalares e mobília, orçados em R$ 1.481.149,00. A primeira etapa da obra, que contemplou as alas de pediatria, laboratório e internação adulta, foi entregue no mês de setembro.