Obras para Educação e Saúde são autorizadas nesta terça

Por - em 40

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) irá reformar e ampliar seis escolas, um Centro de Referência em Educação Infantil (CREI) e construir três Unidades de Saúde da Família (USF) na Capital. O prefeito Luciano Agra assinou a autorização para o início dessas obras na manhã desta terça-feira (19), no Gabinete do Paço Municipal. Ao todo, serão investidos nestas obras cerca de R$ 6,8 milhões, sendo R$ 4,3 milhões na área de educação e R$ 2,5 milhões na saúde.

Serão reformadas e ampliadas, com a construção de novas salas de aula e recuperação de infraestrutura, as escolas municipais Augusto dos Anjos (Cristo), João Monteiro da Franca (Jardim Veneza), Analice Caldas (Jaguaribe), Analice Gonçalves Carvalho (Cruz das Armas), Arnaldo de Barros (Oitizeiro) e Paulo Freire (Jardim Veneza). O Centro de Referência em Educação Infantil Maria de Nazaré (Grotão) também será recuperado, além de serem construídas mais três USF’s, sendo duas no bairro de Mangabeira e uma no Ernesto Geisel. Cada nova USF vai abrigar quatro equipes do Programa de Saúde da Família (PSF).

O prefeito Luciano Agra destacou que um dos principais objetivos da Prefeitura é ampliar e melhorar cada vez mais a qualidade do ensino na Capital. “Temos a maior satisfação de assinar essas ordens de serviço que irão beneficiar a população pessoense. A nossa meta, até o final da gestão em 2011, é recuperar toda a rede de ensino fundamental e ampliar a rede de Centros de Referência da Educação Infantil”, ressaltou.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, João Azevedo, a PMJP já entregou 23 ginásios nas escolas do município e estão sendo construídos mais dez, além do que está sendo investido em recuperação de escolas e construção de USF’s. As obras devem começar na próxima semana e a previsão é que sejam concluídas, em no máximo oito meses.

Com essas reformas, frisou o prefeito Luciano Agra, um terço das escolas municipais estão recebendo novas quadras, além da recuperação de outros espaços de esportes e lazer. “A reforma dessas unidades de educação e construção de novas unidades de Saúde da Família atende a solicitação da população feita através do Orçamento Democrático (OD)”, revelou o prefeito.

Ampliação da Saúde – As duas Unidades em Mangabeira irão atender juntas quase 30 mil famílias com uma estrutura dotada de todos os itens necessários ao funcionamento de um serviço de saúde básico. Cada unidade terá salas de vacina, gabinete odontológico, além de salas de curativo e de coleta de citológico; consultórios médicos, de enfermagem e odontologia. Para melhor acomodação dos pacientes e familiares será destinada uma sala de espera e outra para higienização.

De acordo com o Diretor do Distrito Sanitário III, Laerge Tadeu Cerqueira, a construção dessas duas Unidades vai ampliar o acesso ao serviço e garantir maior qualidade no atendimento à população. “Antes as Unidades funcionavam em prédios alugados e, a partir da construção desses novos espaços, esperamos abranger ainda mais nossa área de atendimento”. O Distrito Sanitário III compreende a área do bairro de Mangabeira, o mais populoso da Capital.

Já a nova Unidade do Geisel irá comportar quatro equipes de Saúde da Família com mais de 10 mil pessoas beneficiadas. Serão incluídas nas novas instalações três unidades que atualmente funcionam em prédios alugados.