Planejamento Democrático na pauta da reunião do OD na 9ª Região

Por - em 50

A Coordenadoria do Orçamento Democrático realizou na noite desta terça-feira (23) a segunda reunião do Planejamento Democrático, direcionada aos conselheiros regionais da 9ª região. A atividade aconteceu na escola municipal João Santa Cruz de Oliveira, no bairro dos Novais.

No Planejamento Democrático os gestores das três secretarias eleitas como prioritárias durante as audiências regionais esclarecem aos conselheiros sobre a formatação da Lei de Diretrizes Orçamentárias do ano seguinte, detalhando quais obras solicitadas pela população serão incluídas na peça orçamentária. Na 9ª região, foram eleitas como prioridades para a LDO, saúde, educação e geração de emprego e renda. Nesta quinta (25), o Planejamento Democrático será realizado no Cecapro, na Beira Rio, direcionado para a 13ª região.

A representante do Distrito Sanitário I, Gilvânia Alves, foi a responsável por apresentar quais as ações que a Secretaria Municipal de Saúde tem desenvolvido na região. Em atendimento às demandas dos moradores da área, estão sendo realizadas melhorias na Unidade de Saúde da Família do Alto do Mateus, e no Bairro dos Novais serão construídas duas novas USFs.

Ainda segundo Gilvânia, está sendo providenciada a contratação de novos agentes comunitários de saúde; a reposição de medicamentos para os postos de saúde da 9ª região está sendo realizada mensalmente, e as equipes de saúde vem fazendo um acompanhamento de pessoas hipertensas e diabéticas. O acompanhamento as gestantes na hora de realizar o pré natal também tem sido uma constante das equipes das Unidades de Saúde da Família na 9ª região.

“A USF agora conta com um desfribilador para reanimação cardíaca, e em todas elas são desenvolvidas ações educativas de vigilância ambiental e direcionadas à saúde das crianças, indo até as escolas municipais”, informou Gilvânia Alves. Ela anunciou ainda a realização de campanhas educativas voltadas para a saúde masculina e a ida do ônibus oftalmológico para a região na próxima quarta-feira (31).

Na área de educação, a secretária Ariane Sá apresentou aos conselheiros regionais todos os projetos e ações que a Prefeitura de João Pessoa vem promovendo para uma educação de qualidade. A novidade foi a implementação de escolas que funcionam em tempo integral, que além das aulas normais, oferecem aos alunos várias oficinas e modalidades esportivas, como também aulas de reforço escolar, quando necessário.

A secretária de Educação anunciou para a 9ª região a construção de uma escola infantil, no Alto do Mateus. “Será uma unidade padrão, que vai funcionar em período integral e será instalada na Rua Francisco José Dias das Neves, com capacidade de atender 125 crianças do Pré I e do Pré II, na faixa etária de 5 e 6 anos de idade”, disse a secretária. Atualmente, João Pessoa conta com 95 escolas, sendo cinco em período integral e 36 Centros de Referência em educação Infantil (Creis), que até o final deste ano chegará a marca de 44.

Devido a este cuidado e atenção para o bom desempenho escolar dos cerca de 70 mil alunos da rede municipal, a Prefeitura de João Pessoa vem colecionando diversos prêmios nas modalidades de xadrez, ginástica rítmica, matemática e robótica.

A terceira demanda dos moradores da 9ª região está direcionada a geração de emprego e renda. Segundo o assessor técnico da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável da Produção (Sedesp), Magno Benevides Fontolan, cerca de R$ 1 milhão de reais foram investidos em empreendimentos desenvolvidos pelos moradores do local. A maioria dos projetos encaminhados a Sedesp foi organizada por mulheres.