Oficina discute acompanhamento para casais “Soro Diferentes” em JP

Por - em 52

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da Seção de DST/Aids, promove nesta terça-feira (30), a oficina “Gestação responsável x HIV: Construindo um modelo de atenção”. A ação acontece no auditório do Hospital Santa Isabel, das 8h30 às 17h, e o objetivo principal e implantar um serviço de acompanhamento de casais ‘Soro Diferentes’ (quando um dos parceiros é portador do vírus HIV) e construir um fluxo de atendimento desses casais.

A oficina é direcionada para as equipes de profissionais que trabalham na atenção básica, maternidades, Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Municipal, Serviço de Atendimento Especializado em DST/Aids dos municípios de João Pessoa, Bayeux e Santa Rita.

A necessidade surgiu depois da realização do I Seminário de Casais Soro diferentes, em junho. Durante o evento foi discutida a necessidade de construir um fluxo de atendimento entre casais sorodiferentes que procuram a rede pública de saúde na grande João Pessoa. O coordenador do CTA, Roberto Maia, explica a necessidade desse atendimento.
“Grande parte desses casais quer ter filhos e realizando o método de reprodução assistida pelo infectologista, a possibilidade de contaminar a parceira, cai de 95% para apenas 5%”.

Já durante a gestação, a mãe passa por acompanhamento em todo o pré-natal. “Nesse caso, o risco da criança nascer com o HIV cai de 99% de chance, para apenas 1%”, finaliza Roberto Maia.