Oficina para atores é encerrada com exibição de vídeos, nesta 2ª

Por - em 56

O resultado da oficina ‘O Ator no Cinema’, ministrada pela atriz e cineasta Marcélia Cartaxo, será apresentado nesta segunda-feira (20), a partir das 18h, no auditório do Casarão 34. Além da entrega dos certificados, serão exibidos dois vídeos com as melhores seqüências encenadas pelos alunos e gravadas durante as aulas. A realização é da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

Como metodologia, Marcélia Cartaxo aplicou às duas turmas da oficina uma síntese dos ensinamentos focalizados em mestres como Richard Bolerlavski e David Mamet. O resultado é muita prática. “Minhas oficinas são muito práticas, em cima dessa coisa do audiovisual, do cinema, do dia a dia da gente. Eles aprendem a usar a imagem como forma de comunicação. O objetivo é que a pessoa experimente e sinta seu próprio ritmo, porque cinema é diferente de teatro”, comentou.

Durante o evento, serão entregues cerca de 25 certificados. Cada turma gravou também um curta-metragem, cujas seqüências foram encenadas por grupo de alunos diferentes. As melhores cenas foram editadas em dois trabalhos que somam mais de 35 minutos de duração. As aulas aconteceram de 6 a 10 de julho, também no Casarão 34.

Marcélia Cartaxo – A atriz iniciou a carreira no cinema como a protagonista do filme ‘A Hora da Estrela’, de Suzana Amaral. Com o trabalho, ganhou o prêmio Urso de Prata, no Festival Internacional de Cinema de Berlim, em 1986. De lá pra cá, atuou em mais de 15 filmes, entre os quais ‘Madame Satã’ (2002), de Karim Aïnouz.

Atualmente, Marcélia desenvolve projetos na área de teatro e cinema. Ela também co-dirigiu e atuou no curta-metragem ‘Tempo de Ira’ (2003), que obteve os prêmios de melhor filme, atriz, direção, fotografia e roteiro, entre outras categorias, em diversos festivais brasileiros. No momento, a atriz se prepara para filmar o novo curta, intitulado ‘Redemoinho’.