Oficinas pedagógicas atraem centenas de visitantes à Estação Cabo Branco

Por - em 44

Leitura, origami, técnicas de desenho, danças populares, quadrinização e percussão corpórea são temas de oficinas pedagógicas que vêm sendo realizadas na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, atraindo centenas de visitantes. A iniciativa é desenvolvida em parceria com o projeto ‘Ciranda Curricular’, administrado pela Secretaria de Educação e Cultura (Sedec) municipal. As oficinas são gratuitas e programadas em horários diversos, com duração de 15 a 20 minutos para cada turma e das terças-feiras aos sábados, para todas as idades.

A coordenadora de Gestão Educacional da Estação Cabo Branco, Dina Amanda Salgado da Luz, informou que “as oficinas realizadas têm caráter educacional e objetivam incluir socialmente pessoas de todas as idades, com conhecimentos diversificados num mesmo ambiente. Identificamos muitas pessoas que vêm freqüentemente à Estação Cabo Branco só para participar das oficinas de origami e de desenho”, enfatizou.

A estudante Camila Medeiros da Silva, 14 anos, que cursa a 6ª série na Escola Municipal Professor João José da Costa, participou da oficina de origami e disse que foi surpreendida por esse novo aprendizado. “Adorei vir a Estação Cabo Branco e compreendi que a partir das dobraduras feitas de papel coloco minha criatividade e percepção para funcionar. É demais e se eu tiver outra oportunidade virei de novo para aprender mais”, disse.

Já Anderson dos Santos Paixão, 16 anos, da 8ª série da Escola Estadual Olivina Olívia, aproveitou para conhecer a oficina de desenho e ficou entusiasmado. “Adoro desenhar e participar dessa oficina foi altamente positivo, pois o professor deu dicas sobre sombreamento que eu não sabia. Deu para aprender, apesar de o tempo ser muito breve”, avaliou.

Para o artista plástico e oficineiro Weber Duarte “é um desafio e também serve de aperfeiçoamento, a partir do momento de repassar aos participantes inúmeras técnicas de desenho. Tem muitos alunos que saem daqui assimilando e traçando desenhos maravilhosos e isto é muito gratificante”, destacou.

O público pode visitar a Estação Cabo Branco de terça a sexta-feira das 9h às 17h; aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. Para visitas monitoradas de escolas públicas e privadas, grupos de profissionais da melhor idade e do terceiro setor, é necessário o agendamento prévio por meio do telefone 3214-8303.

As oficinas

Leitura – Aqui, o objetivo é criar oportunidades para que todos descubram o prazer de ler.

Origami – É a arte de dobrar papéis. Há um forte apelo cultural-pedagógico, onde são apresentados conhecimentos da arte japonesa.

Técnicas de Desenho – Leva os participantes a aprender técnicas de perspectiva, sombra, luz e ampliação. As possibilidades de desenvolvimento do processo criativo são trabalhadas livremente.

Quadrinização – A arte de fazer quadrinhos e seqüências, um trabalho lúdico que oportuniza e promove as competências relacionadas à criatividade.

Danças Populares – A Estação oferece aos interessados, o ensinamento de alguns passos de danças folclóricas populares em oficinas rápidas.

Percussão Corpórea – É a produção de sons tirados a partir de batuques no próprio corpo.