Organização da 4ª edição do Cineport valoriza apoio da PMJP

Por - em 48

A partir desta sexta-feira (1º), João Pessoa sedia a 4º edição do Festival de Cinema de Língua Portuguesa (Cineport). O evento retorna a Capital paraibana, após dois anos de sua primeira edição. Para a coordenadora geral do Festival, Mônica Botelho, o evento está consolidado na cidade, encontrando no Governo Municipal o entendimento que a iniciativa traz benefícios que vão além da área cultural, estendendo-se para a economia e o turismo.

Mônica Botelho destacou também o fato da cidade ser acolhedora e ter um público que responde às expectativas da proposta do Festival. Segundo ela, o apoio encontrado na PMJP também foi importante para estabelecer a Capital como cidade sede do Cineport a cada dois anos. “O Cineport movimenta vários setores e nós também necessitamos de ajuda não só no setor cultural, mas também na organização do trânsito, segurança e na Prefeitura de João Pessoa encontramos todo esse apoio. Por isso, digo que a andorinha do Cineport encontrou aqui um ninho aconchegante” comentou.

Ela também ressaltou o envolvimento direto do prefeito Ricardo Coutinho (PSB) com o evento. “O prefeito Ricardo Coutinho é alguém entusiasmado com a área cultural, isso dá novo fôlego ao Cineport. Somos privilegiados, por ele ser tão envolvido”, exaltou.

Economia e turismo – A coordenadora ressaltou que o Festival é capaz de alavancar outras áreas, movimentando a economia, com a geração de emprego e renda. Segundo ela, estão envolvidos diretamente com a produção uma média de 100 pessoas, além de outros setores terceirizados que contribuem para a realização do evento.

Este ano, cerca de 200 pessoas, entre atores, diretores, produtores e outros profissionais do Brasil e de países em que a língua oficial é o Português estarão presentes em João Pessoa. Isto garante movimentação em hotéis, restaurantes, transportes e outros setores, gerando renda para o município. O Turismo também ganha com a divulgação da Capital nos outros países de língua portuguesa.

Abertura – A solenidade de abertura do festival acontece esta sexta-feira (1), a partir das 18h, na Usina Cultural da Energisa, com a participação de convidados. Às 20h, haverá a abertura para o público em geral, com a exibição do filme ‘Sob o Céu Nordestino’, do cineasta Walfredo Rodrigues. Durante a exibição, a Orquestra de Câmara de João Pessoa executará ao vivo a trilha sonora que compõe o filme.
Em dez dias de Cineport, serão exibidos 160 filmes, longas e curta-metragem em várias salas de exibição, que foram melhoradas. A praça da alimentação, espaço em que comerciantes podem oferecer serviços também teve a área ampliada e os palcos receberam novas estruturas.

Premiação – A 4ª edição do Festival de Cinema de Países de Língua Portuguesa (Cineport) irá conceder seis tipos de troféus: Andorinha, Andorinha Digital, Andorinha Técnica, Andorinha Criança, Humberto Mauro e Energisa estímulo ao Audiovisual Paraibano, que contemplará artistas locais.
Os ganhadores participam da premiação na Estação Ciência Cabo Branco – Cultura Ciência e Arte, em solenidade que será transmitidas para outros países. “Esta é mais uma oportunidade de divulgar João Pessoa, através desse que é o seu mais novo atrativo. A Estação Ciência Cabo Branco vai ser pano de fundo figurando em nossos vídeos”, comentou Mônica Botelho.

O Cineport teve sua primeira edição em João Pessoa, em 2007, após um convênio firmado com em a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e a Fundação Ormeo Junqueira Botelho que promove o evento. Este ano, mas uma vez a Prefeitura de João Pessoa participa como uma das principais parceiras.