‘Os Mutantes’ é atração deste sábado no Estação Nordeste

Por - em 50

A praia de Tambaú recebe neste sábado (16), os shows da irreverente banda ‘Os Mutantes’ e dos paraibanos da ‘Cabruêra’, que mescla sons nordestinos com elementos da cultura popular. As apresentações começam às 21 h e fazem parte do Festival ‘Estação Nordeste’.
A atração nacional deste sábado fica por conta da banda ‘Os Mutantes’ que tem mais de 40 anos de estrada e como estilo o rock psicodélico. A principal característica da banda é a utilização de sons inovadores e truques de estúdio de todos os tipos. Seus integrantes são conhecidos como os pioneiros na mescla do rock com elementos musicais e temáticos brasileiros. Antes dos Mutantes, o rock tupiniquim copiava o que era tocado em outros países. Foi a partir do pioneirismo de Arnaldo, Sérgio e Rita Lee que se abriu o caminho do hibridismo. Outra característica do grupo era a irreverência.

História – A banda ‘Os Mutantes’ iniciou suas atividades em 1966, como um trio formado por Arnaldo Baptista, Rita Lee e Sérgio Dias. Da primeira apresentação, quando tocaram em um programa de TV, até o fim do grupo em 1978, apenas Sérgio Dias se manteve como integrante original. Ao longo dos doze anos foram gravados nove álbuns – sendo que dois deles, ‘O A e o Z’ e ‘Tecnocolor’ foram lançados apenas na década de 1990. Foi nessa década que foi reconhecida no cenário do rock nacional e internacional como um dos grupos mais criativos, dinâmicos, radicais e talentosos da música brasileira.
No deste sábado sobem ao palco a nova formação da banda: Sérgio Dias (voz, guitarra e violão), Dinho Leme (bateria), Vitor Trida (guitarra, violão, viola, flauta e voz), Bia Mendes (voz) Fabio Recco (teclado, voz e efeitos), Henrique Peters (teclado e voz) e Vinícius Junqueira (baixo). De acordo com a assessoria de Imprensa da banda, o repertório desta noite contará com os seguintes sucessos: Tecnocolor, El justiceiro, Minha Menina, Baby, Querida Querida, Teclar, 200 agarra um, Bagdá, Jardim Eletrico, Neuro Ciência, Top Top, Balada do Louco, Ando meio desligado, Cabeludo Patriota, Bis,m Bat macumba e Panis et Circences.

Som regional – Depois de uma temporada sem se apresentar em João Pessoa, a banda Cabruêra volta aos palcos da capital, desta vez para encontrar um grande público. A banda realiza o show de abertura do Festival Estação Nordeste deste sábado, a partir das 21h. A Cabruêra está há 10 anos na estrada tocando para plateias dos mais diferentes idiomas, com passagens por importantes festivais no Brasil e na Europa. Formada por alunos da Universidade Federal da Paraíba, em Campina Grande (PB), a banda reúne quatro músicos com diversas influências, desde o cancioneiro popular da Paraíba até a música eletrônica. A banda Cabruêra se prepara para gravar seu primeiro DVD, na capital paraibana ainda este ano. No show deste sábado vai apresentar o novo trabalho do grupo ‘Visagem’ e terá no palco a seguinte formação: Arthur Pessoa, Voz, violão e escaleta; Pablo Ramires, Bateria, Edy Gonzaga, no Baixo e Leo Marinho na Guitarra.

Repertório – Quem for à praia de Tambaú assistir ao show da Cabruêra vai fazer um passeio pelas grandes composições do grupo que fizeram sucesso em coletâneas divulgadas pelo Brasil, Japão, EUA, Portugal, França e Alemanha. Ele têm muitas músicas sincronizadas em filmes e documentários no Brasil, EUA e Europa. De festivais no exterior, a Cabruêra destacou-se no ‘MIDEM’ na França, o ‘Roskilde’ na Dinamarca, a ‘POPKOOM’ na Alemanha, ‘WOMAD’ na Itália e o ‘Montreux Jazz Festival’ na Suíça.

No Brasil o grupo tem passagem pelo ‘Abril Pro Rock’, ‘Goiânia Noise’, / Rec Beat’, ‘Mada’, ‘Calango’, ‘Porto Musical’, ‘Feira Musica Brasil’ entre outros. Em 2008 o grupo participou do programa ‘Som Brasil’da Rede Globo em homenagem a Luiz Gonzaga e realizou sua décima turnê pela Europa. Atualmente está concentrada na produção do seu próximo álbum que terá o patrocínio da Petrobras Cultural e estará disponível gratuitamente no site ‘Overmundo’.