Outubro do Teatro encena dois espetáculos nesta sexta-feira

Por - em 36

Técnicas circenses de dança, equilíbrio e acrobacia aérea vão moldar a apresentação do espetáculo “Intermezzo”, do Teatro de Anônimo do Rio de Janeiro. A apresentação será nesta sexta-feira (22), a partir das 16h30, no Ponto de Cem Réis. Depois, às 19h10, no Teatro Armando Monteiro Neto, do Sesi, o público poderá assistir ao “Prê-à-Porter – Coletânea 2”, do Centro de Pesquisa Teatral e Grupo Macunaíma de Teatro, ligado ao Sesc de São Paulo. As peças estão dentro da programação do ‘Outubro do Teatro’, que começou no dia 15 e vai até domingo (24). O evento é realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope). A entrada é gratuita.

“Intermezzo” é um espetáculo de cunho circense. A peça explora principalmente a linguagem da comicidade. Para isso, são utilizadas técnicas como magia, dança, equilíbrio e acrobacia aérea, a exemplo do trapézio, tecido, lira, corda indiana e outros artifícios artísticos.

A peça do Teatro de Anônimo do Rio de Janeiro foi desenvolvida a partir do repertório de várias apresentações do grupo. O espetáculo possui um modular multifacetado, atendendo às mais diversas ocasiões e faixas etárias.

O Teatro de Anônimo foi fundado em 1986 por estudantes secundaristas do subúrbio carioca. Os trabalhos do grupo estão sempre intrinsecamente ligados ao contexto social de seus componentes. As montagens e apresentações visam a qualificação profissional dos integrantes.

Uma história de devaneio – O projeto Coletânea oferece a oportunidade ao público de acompanhar de perto como tem sido encaminhado o processo teatral do CPT ao longo de mais de dez anos. São cenas que fizeram parte de algum Prêt-à-Porter (em francês, “pronto para usar”).

Nesta sexta-feira, o CPT vai reunir três histórias. Uma delas é a “Estrela da Manhã”, com Emerson Danesi e Kaio Pezzutti. O centro é o personagem Yuriê, um transexual que sonha com seios de Madonna. Ele está no consultório do doutor Jairo, um cirurgião plástico que vem acompanhando seu caso há algum tempo.

A segunda história é o “Ponto Sem Retorno”, com Emerson Danesi e Marcelo Szpektor. Na festa de reencontro da turma de 93, Alex e Cláudio, após tanto tempo separados, descobrem com suas lembranças a importância dessa amizade.

Por último vem o “Poente do Sol Nascente”, com Emerson Danesi e Suzan Damasceno. Fala de uma garota de programa que tenta em vão estabelecer contato com seu entediado cliente. Os três trabalhos buscam a sensibilidade, o sentimento, o paciente fazer do homem, o gesto perdido, a palavra esquecida, o encontro fortuito. A intenção é resgatar momentos fugidos, migalhas da vida que um dia foram.

Encontro de Teatro de Rua – Debates, espetáculos e lançamentos de livros fazem parte das atividades do “Primeiro Encontro para Reflexão do Teatro de Rua do Nordeste”, que começa na capital paraibana também nesta sexta-feira (22), às 16h, no Ponto de Cem Réis. A programação do evento segue até o domingo (24) em outros espaços como o Galpão Usina de Arte, Praça Dom Adauto e Feirinha de Tambaú. A iniciativa tem o patrocínio da Funjope e foi inserida dentro do projeto ‘Outubro do Teatro’. A organização é dos grupos Quem Tem Boca é Pra Gritar e do Bigorna da Paraíba, com apoio do Sebrae.

Confira abaixo a programação dos próximos espetáculos:

Sexta-feira (22/10)
Horário: 16h30
Local: Ponto de Cem Réis
Atração: “Intermezzo”/Teatro Anônimo-Rio de Janeiro-RJ

Horário: 19h10
Local: Teatro Armando Monteiro Neto – Sesi
Atração: “Prê à Porter-Coletânea 2”/CPT-Centro de Pesquisa Teatral e Grupo Macunaíma de Teatro

Evento inserido na programação: “Primeiro Encontro para reflexão do Teatro de Rua do Nordeste”
Local: Ponto de Cem Reis
Horários:
16h – apresentação do espetáculo de abertura
17h – abertura Oficial do Encontro, comconvidados e patrocinadores
18h às 19hh30 – jantar
Local: Galpão Usina de Arte
Horário: 19h30 às 22h – abertura dos trabalhos (1º parte do “Panorama e apresentação dos representantes dos grupos”)

Sábado (23/10)
Horário: 19h10
Local: Teatro Armando Monteiro Neto – SESI
Atração: “Prê à Porter-Coletânea 2”/CPT-Centro de Pesquisa Teatral e Grupo Macunaíma de Teatro

Evento inserido na programação: “Primeiro Encontro para reflexão do Teatro de Rua do Nordeste”
Local: Galpão Usina de Arte
Horário: 8h às 11h – 2º parte do “Panorama e apresentação dos representantes dos grupos”
Local: Praça Dom Adauto (Centro Histórico)
11h: 00 às 11h: 40 – mais programação
12h – almoço
Local: Galpão Usina de Arte
Das 14h às 18h – Debate: “Perspectivas do Teatro de Rua no Nordeste”
18h às 20h – jantar
20h às 23h – lançamento dos livros: “Teatro de Rua No Brasil”, de Licko Turle ( RJ) e do “Manual Básico Para Teatro De Rua”, de Marcos Cristiano (BA); programação cultural

Domingo (24/10)
Horário: 19h10
Local: Teatro Armando Monteiro Neto – Sesi
Atração: “Quem Não Feriu Seu Limite?” – Numa Ciro

Evento inserido na programação: “Primeiro Encontro para reflexão do Teatro de Rua do Nordeste”
Local: Galpão Usina de Arte
Horários:
8h às 12h – elaboração da carta com metas e decisões para os próximos encontros
12h às 14h – almoço
Local: Feirinha de Tambaú
Horário: 15h – espetáculo de encerramento “No dia em que Judas foi traído”