Ouvidoria anuncia vencedores de concurso que escolheu nome da mascote

Por - em 54

A partir de agora a mascote da Ouvidoria Municipal se chamará ‘João Orelha’. O nome, que obteve 38.197 votos (41,52%), foi sugerido por Augusto Flávio C. de Brito, vencedor do concurso realizado pela Prefeitura de João Pessoa

Em segundo lugar ficou ‘Orelhinha’, com 39,94% (29.697 votos) nome criado pelo trio Roberta de Lourdes Ribeiro Fernandes, Esteliano e Luciano Moreira Cartaxo. ‘Ligadinho’, idealizado por Ivonaldo Pinheiro, foi o terceiro colocado com 11,35% (1.895 votos). Na quarta colocação está Thais Araújo da Silva como o nome ‘Audinho’ e 4,88% dos votos ( 1.879). Em quinto lugar ficou ‘Auris’, com 2,29% (273 votos), onde mais uma vez o ganhador foi Esteliano. No total, 71.931 internautas participaram do concurso.

“O concurso foi um sucesso. Tivemos um número muito grande de acessos na internet e isso foi positivo para divulgar a página da Ouvidoria. A partir do momento em que as pessoas votavam, também tinham a oportunidade de conhecer mais os serviços prestados pela Ouvidoria, que é mais um instrumento democrático implantado pela atual gestão, cujo lema é uma administração transparente”, ressaltou a ouvidora, Rossana Honorato.

O concurso teve duas etapas. Na primeira, as pessoas sugeriram quantos nomes queriam. Do total de 83, foram escolhidos, por uma comissão composta por sete jurados, cinco deles. Na segunda etapa do processo, os nomes dos finalistas ficaram uma semana no portal da prefeitura para os internautas votarem em seu preferido.

“A mascote da Ouvidoria foi criada para facilitar a comunicação entre o governo e a população. A figura dela também possibilitará maior entrosamento e interação da população em campanhas , frisou Rossana.

A Ouvidoria Municipal é um órgão vinculado à Secretaria de Transparência Pública (Setransp) que funciona como canal efetivo de participação da população através de críticas, sugestões, reclamações, elogios e envio de demandas de serviços públicos municipais. As formas disponíveis de contato com o órgão são de forma presencial, através de meio virtual ou por carta.