Ouvidoria capacita servidores para atender pessoas com deficiência auditiva

Por - em 58

Para possibilitar o acesso das pessoas surdas ao serviço de atendimento da Ouvidoria Municipal, dois servidores estão participando do curso de Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O curso é uma promoção do Centro Suvag da Paraíba, localizado no Campus I da UFPB, e as aulas são ministradas pela professora Lourdes Freitas.

Esta é uma meta que constava no planejamento do órgão desde 2005. A ouvidora Rossana Honorato explica que o objetivo dessa capacitação é ampliar o acesso da população aos serviços da Ouvidoria e buscar a melhoria do atendimento aos usuários com deficiência auditiva. “Trata-se de um valor perseguido pela gestão e, para isto, nós precisamos investir permanentemente na capacitação de nossos prestadores de serviço”, destaca a ouvidora.

Durante as aulas, os servidores da Ouvidoria se habilitam para o diálogo utilizado pelos surdos. Com isto, o órgão passa a adotar mais uma política de inclusão social, dentre as estabelecidas pelo Governo Municipal. “Adquirindo esta habilidade, poderemos atender as pessoas portadoras de deficiência auditiva que procuram a Ouvidoria e colocamos em prática uma das metas do serviço de atendimento presencial do órgão”, disse Marinalva Clementino, chefe da Divisão de Recepção, uma das beneficiárias da capacitação. O outro servidor beneficiado é Erivan Teixeira, assistente da Divisão de Encaminhamento.

Capacitações – Investir em capacitação dos servidores para a melhora dos serviços. É a meta da Ouvidoria Municipal da Prefeitura de João Pessoa. De 2005 até este ano, já foram oferecidos 52 oportunidades de investimentos em recursos humanos, entre cursos, seminários e palestras, resultando em 119 beneficiamentos oferecidos aos técnicos que trabalham no órgão. Todos foram custeados com recursos próprios.

Para mais informações sobre os cursos oferecidos pela Ouvidoria, basta clicar aqui