Ouvidoria premia os vencedores do concurso da mascote, na sexta-feira

Por - em 21

A Ouvidoria Municipal realizará na manhã desta sexta-feira (30), a entrega da premiação aos vencedores do concurso que escolheu o nome da mascote do órgão. A solenidade acontecerá a partir das 11h, no Hall do Paço Municipal, no Centro de João Pessoa, com a entrega de um computador ao primeiro lugar, uma impressora multifuncional ao segundo colocado, e o terceiro colocado levará um pen drive de 1 gigabyte (Gb). O processo de votação que escolheu a mascote ‘João Orelha’ recebeu 71.931 votos.

A ouvidora Rossana Honorato ressaltou que o concurso foi uma forma de interagir com a comunidade pessoense e serviu para popularizar o órgão e seus serviços. “O concurso foi mais uma oportunidade de difundir a Ouvidoria entre os demandantes da sociedade. Pela expressividade do número de votos é possível perceber que várias pessoas estão antenadas com o órgão. É importante destacar que somos um órgão novo, que tem contado com investimentos de estrutura e de concepção de gestão na administração pública municipal, buscando a qualidade e eficiência dos serviços prestados à população”, frisou.

Vencedores – O concurso para a escolha da mascote foi realizado em duas etapas: na primeira os participantes sugeriram nomes. Na segunda, a votação foi realizada a partir dos cinco nomes mais votados entre as 83 mensagens contendo cem sugestões de nomes. Os vencedores do concurso foram: em primeiro lugar, Augusto Flávio C. De Brito; empatados na segunda colocação, Roberta de Lourdes Ribeiro Fernandes e Esteliano e Luciano Moreira Cartaxo; no terceiro lugar ficou Ivonaldo Pinheiro.

A Ouvidoria Municipal é um órgão vinculado à Secretaria de Transparência Pública (Setransp), com a função de ser um canal efetivo de participação da população através de sua manifestação individual quanto às sugestões, críticas, elogios, reclamações sobre serviços públicos da responsabilidade do poder público municipal.

Em termos comparativos, de janeiro a novembro deste ano houve uma queda de 40% no número de demandas protocoladas em relação ao mesmo período de 2006. Desde a sua criação em 2005 até novembro deste ano, a Ouvidoria Municipal protocolou 5.897 demandas da população.