Ouvidoria premia vencedores de concurso que escolheu nome da mascote

Por - em 51

A Ouvidoria Municipal entregou na manhã desta sexta-feira (30) a premiação aos vencedores do concurso que escolheu o nome da mascote do órgão, ‘João Orelha’. O premiado com o primeiro lugar, Augusto Flávio C. de Brito, recebeu um computador. Empatados em segundo lugar, Roberta de Lourdes Ribeiro Fernandes e Luciano Moreira Cartaxo receberam uma impressora multifuncional. O prêmio ao terceiro colocado, um pen drive, foi entregue a Ivonaldo Pinheiro. O quarto e quinto lugares do concurso receberam prêmios simbólicos pela participação. A solenidade foi realizada no Hall do Paço Municipal, no Centro de João Pessoa.

A ouvidora Rossana Honorato ressaltou que a premiação celebra a participação das pessoas durante o concurso. “Esse é o momento de finalização de todo um processo que escolheu a mascote da Ouvidoria Municipal, que tem se tornado um importante elemento de difusão e aproximação do Governo Municipal e a sociedade”, frisou.

O professor de História, Augusto Flávio de Brito, primeiro lugar no concurso, ressaltou que a participação inicial foi por acaso, quando navegava no Portal da Prefeitura de João Pessoa, mas depois passou a divulgar o site e da eleição da mascote. “Entrei para sugerir um espaço de lazer para o meu bairro e quando vi informações sobre o concurso resolvi participar. Foi surpresa chegar à segunda etapa, mas a partir daí passei a divulgar entre amigos e conhecidos. Estou feliz em ter ganho esse concurso”, frisou.

Etapas – O concurso para a escolha da mascote foi realizado em duas etapas: na primeira, os participantes sugeriram nomes; na segunda, a seleção foi realizada a partir dos cinco nomes mais votados entre as 83 mensagens contendo 100 sugestões de nomes.

Vinculada à Secretaria de Transparência Pública (Setransp), a Ouvidoria Municipal é um órgão que tem a função de ser “o canal efetivo de participação da população através de sua manifestação individual quanto às sugestões, críticas, elogios, reclamações de serviços públicos da responsabilidade do poder público municipal”, resumiu a ouvidora. Desde a sua criação em 2005 até novembro deste ano, a Ouvidoria Municipal protocolou 5.897 demandas da população.