Ouvidoria realiza treinamento com agentes de distritos sanitários

Por - em 22

Os correspondentes da Ouvidoria Setorial da Saúde que atuam nos cinco Distritos Sanitários participaram na tarde desta sexta-feira (14) de um treinamento para uniformização dos procedimentos de trabalho relacionados à atuação do Sistema de Ouvidoria Municipal da Prefeitura de João Pessoa. A atividade, que contou com a presença do secretário da Transparência Pública, Antônio Barbosa, aconteceu na sala da ouvidora Geral, Tânia Brito, no Paço Municipal, Centro.

A ouvidora, conjuntamente com os chefes das Divisões de Recepção e de Tratamento e Encaminhamentos, Marinalva Clementino e Marcos Aurélio, respectivamente, foram os responsáveis pelo repasse das informações relativas à atuação da Ouvidoria. A partir de agora, estes correspondentes são agentes treinados nos Distritos Sanitários para receber da população as demandas da área de saúde e encaminhar à Ouvidoria Setorial da Saúde e à Ouvidoria Geral para o devido procedimento de resolução.

“Demos início a esta capacitação no mês de julho, e sabemos da importância de nos qualificarmos cada vez mais, pois precisamos manter este grau de credibilidade que o cidadão de João Pessoa deposita em nosso trabalho”, disse a ouvidora Tânia Brito, que estava acompanhada das ouvidoras setoriais da Saúde e da Educação, Alcilene Figueiredo e Socorro Pinto.

Para o secretário da Transparência Pública, Antônio Barbosa, iniciativas como estas promovem a intersetorialidade e são fundamentais para o avanço do serviço. “A Ouvidoria é um mecanismo de transparência pública que precisa continuar mantendo este diálogo direto com a população, ter os parâmetros da qualidade dos serviços prestados pelo governo municipal e desta forma poder sinalizar a gestão onde precisa melhorar e onde estamos mantendo o nível de qualidade na prestação destes serviços”, afirmou.

Durante o treinamento, os servidores puderam conhecer as instalações da Ouvidoria Geral e ver como são tratadas as demandas, desde a sua chegada na Divisão de Recepção, passando pelo tratamento técnico adequado até a sua resolução. O próximo passo é realizar esta mesma capacitação para os correspondentes do Sistema de Ouvidoria Municipal nos hospitais municipais e nos Centro de Atenção Integral a Saúde (Cais), bem como aos que estão instalados nos nove pólos das escolas municipais.