Palestra com Fernanda Yamamoto atrai profissionais e amadores do mundo da moda

Por - em 102

Um passeio criativo pelas coleções que apresentou em cinco edições do São Paulo Fashion Week. Foi assim que a estilista Fernanda Yamamoto manteve a atenção do público na noite dessa quarta-feira (4), durante palestra que reuniu profissionais, estudantes, curiosos e amantes do mundo da moda. Yamamoto está em João Pessoa a convite da Estação da Moda, órgão ligado à Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec) de João Pessoa, e compõe o júri da 2ª edição do Fashiontech, concurso de novos estilistas promovido pelo órgão. A palestra aconteceu no auditório do Sebrae, no bairro dos Estados.

O nível e a originalidade dos trabalhos do Fashiontech chamaram a atenção da estilista. “Fiquei bastante surpresa. Há trabalhos muito fortes, autorais, e o interessante é que são bem diferentes. Vai ser difícil julgar, porque cada um tem uma característica, uma personalidade forte em determinado aspecto”, analisou a estilista.

Concurso – Na tarde desta quinta-feira (5), acontece o segundo e último dia de julgamento do concurso. O diretor da Estação da Moda, Romero Sousa, também componente do júri, ressalta o nível dos participantes depois do primeiro dia de apresentação. “O Fashiontech já está fazendo história em João Pessoa. O nível de qualidade dos concorrentes subiu muito e os jurados estão encontrando dificuldade para decidir pelos primeiros colocados”, disse.

O júri do concurso é composto ainda pelo professor de Sociologia da UFPB, Adriano de Leon; pela jornalista especialista em moda, Agda Aquino; e pela gerente técnica da Modateca da Universidade de Pernambuco, Ana Rita Peroba.

“Temos talentos em excesso, e eles estão soltos pelo estado. A possibilidade de criar e desenvolver coleções é uma oportunidade única de olhar para a nossa cultura. E é isso que a Estação da Moda está fazendo ao resgatar a produção criativa, tanto com a realização de um concurso como o Fashiontech quanto com a célula de criação”, complementou o diretor da Estação.

Finalistas – O concurso possui 10 finalistas. A premiação do primeiro colocado será o desenvolvimento de uma coleção completa (composta por 30 looks), produzida nas instalações da Estação da Moda.

Uma das finalistas é Vanessa Guimarães, de 24 anos, aluna do curso de Produção de Moda da Funetec. Ela assistiu à palestra de Fernanda Yamamoto e ficou entusiasmada com o processo de criação da estilista. “É bom ter a visão de uma profissional talentosa e consagrada. As referências que eu tinha até agora eram acadêmicas”, disse.

Sobre o concurso, Vanessa ressaltou que está sendo uma experiência muito proveitosa, apesar do nervosismo. “Ser finalista já é uma vitória. O processo de criação coincidiu com o final de período do curso, então foi muito corrido, mas, ainda assim, gratificante.”

Quem também sofre com a ansiedade é a designer de moda Rafaela Oliveira, que participa de um concurso pela primeira vez. “Eu estava super nervosa durante a apresentação, preocupada em explicar sobre o grafismo indígena de uma tribo do Amapá e fazer o júri enxergar esse tema nas criações. Mas foi tranquilo e, apesar do nervosismo, consegui passar tudo que eu queria sobre a coleção”, contou.

Resultado e premiação – O resultado da 2ª edição do Fashiontech será divulgado na próxima segunda-feira (9), no site da Prefeitura Municipal de João Pessoa (www.joaopessoa.pb.gov.br). Além do material, equipamentos e equipe técnica para a produção e execução das peças e desfile da coleção, o ganhador terá ainda a oportunidade de fazer uma visita técnica ao Senai/ Cetiqt, no Rio de Janeiro (RJ). Os 2º e 3º lugares ganharão a divulgação da coleção em telão, no local do evento, além de um notebook e um tablet, respectivamente.