Parceria entre PMJP e Aemp promove capacitação e emprega jovens em João Pessoa

Por Monica Melo - em 372

A manhã desta sexta-feira (21) foi de bastante emoção para 20 jovens que agora estão verdadeiramente inseridos no mercado de trabalho. Eles têm nas mãos os certificados do curso de garçom e todos já foram encaminhados, contratados e estão trabalhando em restaurantes e bares da cidade de João Pessoa. O curso foi promovido pelo Projeto ‘Ensinando a Pescar’, uma iniciativa da Associação das Esposas dos Magistrados e das Magistradas da Paraíba (Aemp) em parceria com a Prefeitura Municipal de João Pessoa.

O curso inicialmente era destinado apenas a adolescentes cumprindo medida socioeducativa, mas foi aberto para toda a comunidade. Para o secretário de Desenvolvimento Social (Sedes) da Prefeitura de João Pessoa, Eduardo Pedrosa, essa parceria com a Aemp é de suma importância para ajudar na inclusão social de jovens, principalmente dos que cumprem medidas socioeducativas, que agora estão qualificados e certificados para atuar no mercado de trabalho.

“A gente já conseguiu inserir vários jovens no mercado e por isso é importante buscar essas parcerias. O fato de os 20 jovens que fizeram o curso já estarem empregados mostra a sociedade acreditando que vale a pena levar dignidade pra as pessoas”, comenta Eduardo Pedrosa.

A primeira-dama de João Pessoa, Maísa Cartaxo, que participou da entrega dos certificados, destacou a importância de incentivar a capacitação dos jovens, em destaque os que cumprem medidas socioeducativas, como forma inseri-los ou reintegrá-los à sociedade.  “Eles estão sendo muito bem aceitos no mercado de trabalho. Dessa forma, a capacitação tem cumprido um papel fundamental para que eles tenham autonomia financeira e sejam reinseridos como cidadãos de fato e direito”, afirmou.

Daniel Omar Pontes Santana, 21 anos, foi um dos alunos que receberam hoje seus certificados. Atualmente empregado como garçom em um grande restaurante da cidade, ele afirma que o curso foi o pontapé inicial na busca da realização dos seus sonhos. “Estou muito feliz. Eu vim achando que faria só o curso e daqui já me mandaram a um restaurante e já estou trabalhando. Agora pretendo fazer faculdade de gastronomia, minha grande paixão”.

O garçom contou ainda que, trabalhando no restaurante, está aprendendo muito sobre a área e conhecendo pessoas que podem ajudá-lo numa carreira futura no mundo da gastronomia.  “É uma grande oportunidade, muitas vezes as pessoas só precisam de um empurrãozinho. Na empresa onde estou agora todo mundo começou pelos cargos mais simples e conseguiram crescer lá dentro. Espero que eu também consiga isso”, conta ele.

Ensinando a pescar – A presidente da Aemp, Ana Lucia de Alencar Pereira, explica que o objetivo do projeto Ensinando a Pescar foi a forma que a associação encontrou de “doar conhecimento” para pessoas que precisam de uma oportunidade. Ana Lúcia conta que, através dos 22 cursos que o projeto já ofereceu, foi possível capacitar muitas pessoas e não apenas adolescentes cumprindo medidas socioeducativas. “Conseguimos capacitar desde mulheres vítimas de violência até refugiados. E vamos continuar capacitando. Até o final do ano ainda faremos mais seis cursos”, assegura.