Parque Arruda Câmara ganha 31 filhotes de Jibóia

Por - em 29

No último dia 12, o Parque Zoobotânico Arruda Câmara (Bica), ganhou novos moradores. No serpentuário nasceram 31 filhotes de jibóia (Boa constrictor) medindo cerca de 25 centímetros cada indivíduo. De acordo com avaliação feita pelos técnicos do Parque, a fêmea que deu cria já chegou à Bica fertilizada proveniente do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A direção do Parque vai manter um contato com o Cetas-PB a fim de decidirem juntos o destino desses animais, uma vez que o recinto das serpentes já comporta 4 jibóias, 01 píton (Phyton reticulata) e 01 salamanta (Epichrates cenchria). Essa é a segunda vez que ocorre o nascimento de serpentes na Bica. Antes, em 2003, uma salamanta deu origem a uma ninhada de 16 indivíduos.

No Brasil, a jibóia – que não é venenosa – é a segunda maior serpente chegando a medir até 4 metros, na idade adulta (só perdendo para a sucuri). O seu habitat são as copas das árvores das florestas da América do Sul e da América Central. No Brasil, pode-se encontra-la na mata atlântica, restingas, mangues, cerrado, caatinga e floresta amazônica.