Parque Solon de Lucena ganha nova iluminação e escultura

Por - em 40

A partir desta sexta-feira (9), os pessoenses terão a oportunidade de vivenciar as transformações executadas no parque Solon de Lucena, no Centro, pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP). Serão entregues obras reestruturantes, como a implantação de uma moderna iluminação, ampliação de calçadas e a escultura ‘A Pedra do Reino’ do artista visual Miguel dos Santos e que imortaliza a obra do escritor paraibano Ariano Suassuna. A solenidade acontecerá às 18h, na saída da rua Padre Meira e contará com a presença do homenageado.

Essas intervenções empreendidas pelo Governo Municipal integram o Plano de Restauração do Centro de João Pessoa, que incluíram a reforma da Praça Vidal de Negreiros (Ponto de Cem Réis), do viaduto Damásio Franca e das calçadas da rua Padre Meira. O projeto paisagístico que está mudando o visual prevê também o plantio de diversas mudas de flores nos 24 canteiros que circundam o local.

Modernidade – As melhorias empreendidas na rua Padre Meira são um exemplo. A via ganhou calçadas mais largas e um piso moderno para comportar as milhares de pessoas que transitam diariamente pelo Centro da cidade. A iluminação do local será mais eficiente e melhor distribuída nas calçadas e na via do anel interno. O número de postes passou de 24 para 30 e cada um tem 12 metros de altura. Em cada poste foram instaladas duas luminárias, sendo uma voltada para a pista na altura de 11 metros e outra direcionada para o passeio público, instalada na altura de 9 metros. A Prefeitura também priorizou a qualidades dos novos equipamentos. Os novos postes são galvanizados a quente, um material que tem uma durabilidade maior que os antigos de concreto e uma maior resistência à ferrugem.

Escultura – A nova iluminação também vai favorecer a visibilidade de um novo componente do Parque Solon de Lucena, a escultura de Miguel dos Santos, que homenageia a obra A Pedra do Reino, do escritor paraibano Ariano Suassuna. Instalada em uma das ilhas do anel interno do Parque Solon de Lucena, a obra pode ser vista à distância. Ela possui 11 metros de altura, sendo oito somente da escultura. O pedestal é em concreto, revestido de granito.

“Com todas essas intervenções, o nosso objetivo é aliar eficiência, segurança e beleza ao Parque Solon de Lucena. Isso vai favorecer aqueles que passeiam ou praticam esportes no calçadão e também os motoristas que transitam diariamente naquela área”, explicou o secretário de Infraestrutura, João Azevedo.