Passarela na BR-230 irá melhorar mobilidade dos moradores do Cristo

Por - em 74

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, participou nesta terça-feira (6) do lançamento dos editais de licitação para obras de construção de duas novas passarelas dentro da região metropolitana de João Pessoa. As autorizações para os editais foram assinadas pelo governador do Estado da Paraíba, Ricardo Coutinho, durante uma solenidade no Departamento de Estradas de Rodagem (DER) em que foram autorizadas outras obras e a aquisição de equipamentos no valor total de mais de R$ 30 milhões em investimentos.

As novas passarelas serão instaladas na BR-230 no Km 13, nas imediações do conjunto Renascer, em Cabedelo; e também no Km 27, na Comunidade Boa Esperança, em João Pessoa. As obras devem ser iniciadas no próximo mês de outubro e entregues à população no primeiro semestre de 2012. Para a construção dos dois equipamentos, estão sendo investidos pelo Estado R$ 2,3 milhões.

“Esses investimentos nascem de uma solicitação feita pela Prefeitura de João Pessoa ao governo do Estado objetivando a eliminação de pontos críticos em termos de segurança para os pedestres que utilizam a BR-230. A construção de novas passarelas em João Pessoa segue os fundamentos do projeto de mobilidade urbana priorizando o deslocamento dos pedestres com segurança”, reforça o prefeito Luciano Agra.

O governador Ricardo Coutinho destacou que a construção das passarelas deverá beneficiar cerca de 80 mil habitantes e contribuir para reduzir os números de mortes causadas por falta de segurança aos pedestres nos dois trechos da BR-230. “Por conta da falta de acesso, as pessoas estavam perdendo o direito de sair e entrar nos bairros onde moram. A Prefeitura de João Pessoa resolveu o problema em outros dois trechos, e agora estamos levando soluções para os moradores, principalmente, da Comunidade Boa Esperança e do Renascer”, disse o governador.

O prefeito de João Pessoa lembra que a instalação do equipamento no trecho do Km 27 trará benefícios ainda para os moradores inseridos dentro dos novos projetos de habitação em andamento desenvolvidos pela Prefeitura Municipal de João Pessoa naquela região.

“A passarela que está dentro do perímetro urbano de João Pessoa, por exemplo, integra-se como uma solução de acessibilidade ao projeto de habitação social que a prefeitura está implantando através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), na comunidade Vale das Palmeiras, localizada próxima à Boa Esperança. A iniciativa beneficia assim também esses futuros moradores e os já residentes no local”, afirmou Luciano Agra.

Investimentos – Durante a solenidade, o governador Ricardo Coutinho também lançou os editais de concorrência para as obras de pavimentação asfáltica no Contorno de Jacumã e na Rodovia da Produção, no Sertão. No primeiro trecho, serão iniciadas obras em 5 km, com investimentos de R$ 5,5 milhões, para a construção de um contorno que deverá resultar em melhorias no tráfego local, facilitando o acesso de moradores e turistas que visitam as praias do Litoral Sul. “É preciso cuidar do desenvolvimento do turismo com maturidade. Precisamos visualizar novas perspectivas de acesso para aquelas pessoas que chegam ao Litoral Sul e que praticamente hoje não contam com ruas calçadas”, ressaltou o governador.

Na Rodovia de Produção, as intervenções do DER deverão se estender por 14,3 km de extensão, estimadas em R$ 13,3 milhões, com o objetivo de contribuir para o escoamento da produção agrícola local, em que o coco e a banana são os principais produtos. A rodovia começa em São Gonçalo, no entroncamento com a PB-348.

No evento desta terça, o governo do Estado também lançou concorrência para a aquisição de equipamentos e veículos a serem utilizados pelo DER, no valor estimado de R$ 10 milhões. “Estamos com obras de restauração e pavimentação em andamento em todo o Estado, que chegam a mais de 800 quilômetros de estradas. Ainda estamos trabalhando também com ações emergenciais nas cidades mais atingidas pelas últimas chuvas, construindo desvios para facilitar o acesso e trânsito até mesmo de grandes veículos”, explicou o superintendente do DER da Paraíba, Carlos Pereira.