Passeio de trem como atrativo turístico é debatido na Capital

Por - em 40

As viagens de trem, que a princípio serviam apenas para o transporte de cargas e pessoas, podem ser transformadas em atrativos turísticos culturais. É o que mostra a experiência bem sucedida do ‘Trem do Forró’, em Pernambuco. O caso de sucesso foi apresentado nesta sexta-feira (13) pela manhã, durante o ‘Encontro Regional de Preservação e Revitalização Ferroviária’, que acontece até sábado (14) no Auditório do Paço Municipal, no Centro de João Pessoa.

Anderson Pacheco, da Serambi Turismo, empresa que promove o passeio há 20 anos, ressaltou a importância de preservar e aproveitar o potencial turístico e histórico das linhas férreas em todo o Brasil. “Esse tipo de produto gera emprego e renda, temos sanfoneiros que trabalham conosco há 20 anos e famílias que já estão na terceira geração fazendo esse trabalho”, argumentou.

A palestra sobre a experiência do ‘Trem do Forró’ encerrou a programação da manhã do primeiro dia do encontro, que é promovido pelo Movimento de Preservação Ferroviária (MPF), em parceria com a Associação Brasileira de Operadoras de Trens Turísticos e Culturais (ABOTT), com o apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Turismo (Setur).

Na tarde desta sexta-feira, o evento prosseguiu com as seguintes palestras: ‘Turismo Cultural Ferroviário na Bahia’; ‘Lançamento do Manual de Apresentação de Projetos de Trens Turísticos’ e ‘Culturas e Patrimônio Histórico e Cultural Ferroviário’. A programação foi encerrada com um ‘Momento Sócio-Cultural Opcional’.

Programação do Sábado (14)

8h – Turismo Cultural Ferroviário – Convênio ABOTCC / Sebrae
9h – Elaboração de Projetos e Captação de Recursos
10h – Intervalo
10h30 – Ação de Proteção ao Patrimônio Histórico Ferroviário da Paraíba
11h – Projeto de Trem Eco Cultural, com Elzário Pereira Júnior, secretário de Turismo de João Pessoa
12h – Conclusões
13h – Almoço
15h – Programação Turística e Cultural e Encerramento