Pesquisa aponta variação de 34% no preço da água mineral e 9,4% no gás de cozinha

Por - em 50

Os preços cobrados pelo botijão de água mineral variam até 34% em depósitos e pontos de venda em mercados e postos de combustíveis pesquisados pelo Procon de João Pessoa. Os valores registrados considerando também as marcas pesquisadas vão de R$ 4,50 a R$ 6,70. Já o gás de cozinha é comercializado com uma diferença de preço de 9,4%.

De acordo com o levantamento realizado pelo Procon-JP e divulgado nesta quarta-feira (23), o botijão de água que apresenta a maior variação percentual de preço é da Indaiá, que é vendido de R$ 5 a R$ 6,70, com o menor valor registrado no Mercadinho Almeida, no Geisel.

Já os botijões de 20 litros de água das marcas Itacoatiara e Sublime possuem 22,2% de variação de preço, indo de R$ 4,50 a R$ 5,50. O menor valor foi registrado em três estabelecimentos – Depóstito D’almir, no Bairro dos Estados; Nilda Gás, no Castelo Branco; e Guimarães Gás, no Cristo.

Gás de cozinha – Os pesquisadores do Procon-JP também verificaram o preço cobrado pelo gás de cozinha e encontraram uma diferença de preço de 9,4%. O órgão verificou que essa variação é a mesma tanto na entrega em domicílio como no próprio estabelecimento, pois apenas um destes cobra R$ 1 mais caro pela entrega. Pelo levantamento, o preço vai de R$ 32 a R$ 35. O menor preço foi constatado em Zé do Gás, na Ilha do Bispo. Já outros sete estabelecimentos cobram o preço mais alto.

Clique no link para pesquisa completa do gás de cozinha e do garrafão de água